6 eventos ao vivo

No primeiro clássico do Pernambucano, Náutico e Sport empatam nos Aflitos

Confronto foi marcado por erros dois erros dos dois lados, sendo Salatiel, pelo Leão, e Chico, pelo Timbu, marcando contra

19 jan 2020
18h23
atualizado às 18h23
  • separator
  • 0
  • comentários

No primeiro clássico do Campeonato Pernambucano, Náutico e Sport fizeram um jogo bastante equilibrado. No entanto, se os atacantes não conseguiram balançar as redes favoravelmente, Salatiel (Náutico), e Chico (Sport), acabaram marcando contra, o que acabou decidindo o duelo nos Aflitos, na tarde deste domingo (19).

Com o resultado, Timbu e Leão somam agora um ponto cada, empatando também na quinta colocação da classificação, aguardando o término da rodada para a definição de suas posições.

O JOGO

Nos primeiros dez minutos de bola rolando, a partida mostrava-se equilibrada, com ambos os times buscando o ataque. Com algumas jogadas pelo alto, tanto o Náutico, quanto o Sport apostavam em seus atacantes para inaugurar o marcador nos Aflitos, porém sem sucesso.

Na sequência, o confronto ainda segue com o mesmo panorama, com as equipes mostrando que não queriam apenas defender-se. Sendo assim, aos 13 minutos, por muito pouco Elton não conseguiu tirar o zero do placar, mas logo em seguida o Timbu deu a resposta com Salatiel, mas o atacante cabeceou para fora, assustando o goleiro Maílson.

Até meados dos 35 minutos, a partida seguia sem gols, frustrando os torcedores dos dois times. Nem mesmo as tentativas criadas pelos atletas era capaz de surpreender os arqueiros Jefferson e Maílson, que seguiam atentos a cada lance.

No entanto, já próximo dos acréscimos, aos 45 minutos, o Leão finalmente conseguiu abrir o marcador. Após cobrança de escanteio do meia Pablo Pardal, a bola acabou batendo no atacante Salatiel, do Náutico, e, em seguida, ainda bateu na trave antes de entrar. 1 a 0.

No retorno para o segundo tempo, apenas o técnico do Timbu optou por mudança. Em uma troca de zagueiros, Diego Silva entrou no lugar de Rafael Ribeiro.

Diferente de como foi na primeira etapa, o Sport acabou sofrendo um pouco de pressão por parte da equipe mandante, complicando um pouco sua situação com a expulsão de Sander, que recebeu o segundo cartão amarelo no jogo após falta em Salatiel.

E a intensidade deu certo para o Alvirrubro. Aos 17 minutos, após cruzamento, o zagueiro Chico tentou cortar a bola, porém acabou batendo em seu braço antes de entrar. Era o segundo tento contra no duelo. 1 a 1.

Mas o Leão não quis saber do rival crescer no jogo e foi logo tentou ficar novamente em vantagem. Com isso, aos 26, chegou a ter um tento anulado com Adryelson, após cobrança de falta de Pablo Pardal, mas o juiz acabou flagrando o impedimento do jogador.

Mesmo com algumas alterações de ambos os lados, na sequência o Rubro-negro seguia melhor no confronto. Tentando surpreender o Timbu até os acréscimos, a equipe local não deixou barato e forçou algumas jogadas de ataque, porém não foram suficientes para ficar em vantagem no placar, encerrando o duelo em 1 a 1.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade