0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Neymar iguala Romário e diz que Áustria praticou 'UFC'

Atacante voltou a ser titular após mais de três meses e foi questionado sobre a quantidade de faltas sofridas no amistoso deste domingo

10 jun 2018
14h58
atualizado às 19h27
  • separator
  • comentários

Neymar chegou neste domingo a 55 gols pela Seleção Brasileira e igualou-se a Romário na lista de artilheiros com a camisa verde e amarela. Ao marcar contra a Áustria, o camisa 10 repetiu a comemoração do Baixinho, com a camisa levantada atrás da cabeça e os braços levantados.

Neymar comemorou com Willian durante a vitória da Seleção (Foto: André Mourão/MoWA Press)
Neymar comemorou com Willian durante a vitória da Seleção (Foto: André Mourão/MoWA Press)
Foto: Lance!

Além da homenagem ao ídolo, o atacante não deixou de cutucar o time austríaco, criticado por conta do alto número de faltas. Ele, que voltou a ser titular após quase três meses recuperando-se de uma lesão no pé direito, sofreu duas entradas mais duras no amistoso.


 

"Nos preparamos para um UFC (Ultimate Fighting Championship) hoje (risos). Eles pegaram forte, deram bastante pancada, mas saímos todos ilesos", afirmou o jogador, citando o torneio de MMA.

Elogiado por Tite, o atacante do Paris Saint-Germain (FRA) agora está atrás apenas de Pelé (77 gols) e Ronaldo (62) na lista de artilheiros da Seleção Brasileira. Após a partida, ele postou em seu Instagram uma mensagem para Romário: "máximo respeito por ti, ídolo".

"Eu estou feliz, queria homenageá-lo (Romário) de alguma forma. Foi bom poder voltar a me movimentar, a me soltar mais. Estou satisfeito, me sinto cada vez mais preparado. Vamos demonstrando que somos uma grande equipe e que podemos fazer uma grande Copa" completou.

 

Máximo respeito por ti ídolo @romariofaria

Uma publicação compartilhada por Nj 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

Veja também

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade