0

Ney Franco admite preocupação com o sistema defensivo da Chape

Verdão é o time mais vazado entre os primeiros colocados do Campeonato Catarinense ao levar 18 gols

4 abr 2019
17h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Na noite da última quarta-feira, a Chapecoense empatou por 3 a 3 com o Figueirense e não alcançou o objetivo de encerrar a fase de classificação com a melhor campanha. Pelo contrário, a atuação do sistema defensivo chamou a atenção do técnico Ney Franco, que pretende corrigir as falhas o quanto antes.'Tem que trabalhar muito o setor defensivo. Mais um gol de bola parada. O segundo deles foi mais mérito do atleta do que erro. O terceiro foi rápido e não vi muito bem. Uma equipe que vai disputar as competições que vamos disputar, tanto a Copa do Brasil como o Brasileiro, não pode se acostumar a sofrer três gols. Estamos fazendo levantamento de números e temos que dar uma proteção maior à defesa. Não quer dizer que vamos abrir mão do ataque', afirmou.

(Foto: Rafael Bressan/ ACF)
(Foto: Rafael Bressan/ ACF)
Foto: Lance!

Com 18 gols sofridos, o Verdão ficou com a quinta pior defesa da competição e a zaga mais vazada entre os quatro que momentaneamente estão classificados para a semifinal.

No próximo domingo, a Chapecoense volta a campo para encarar o Avaí, na Ressacada, a partir das 16h (Horário de Brasília).

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade