0

Najila sobre Caso Neymar: 'No fundo, eu sabia que não haveria justiça'

Modelo fez declaração após comparecer para depoimento, em São Paulo. Najila ainda afirmou ter agredido o jogador, em Paris, por 'questão de honra'

14 ago 2019
11h23
atualizado às 11h37
  • separator
  • 0
  • comentários

A modelo Najila Trindande falou abertamente pela primeira vez sobre o arquivamento do caso envolvendo o atacante Neymar. A modelo afirmou ter agredido o atacante do Paris Saint-Germain, ainda na capital francesa, na noite seguinte à suposta agressão sexual, por "questão de honra" e por "saber que não haveria justiça".

Najila falou à imprensa após prestar depoimento no 11° DP de São Paulo, na noite de terça-feira. A modelo é alvo de investigações pelo suposto arrombamento de seu apartamento, que resultou no desaparecimento de um tablet que, segundo alegado pela defesa, estariam as provas do crime.

A modelo ainda estaria envolvida em denúncia de extorsão contra o pai de jogador.

Najila acusou o atacante Neymar de estupro. Caso foi arquivado pela justiça (Foto: Reprodução/Record TV)
Najila acusou o atacante Neymar de estupro. Caso foi arquivado pela justiça (Foto: Reprodução/Record TV)
Foto: Lance!

- Foi uma explosão ali, porque no fundo eu sabia que não haveria Justiça para ele, uma questão de honra também. Falei 'cara, não vai ter Justiça, mas vou fazer a minha - afirmou ela ao sair do Distrito Policial paulista.

O arquivamento do processo contra o camisa 10 da Seleção Brasileira, na quita-feira da semana passada, ainda foi outro assunto abordado por Najila. A modelo criticou o fim das investigações contra o astro do futebol.

- Eu acho normal, porque a palavra dele (Neymar) vale mais que a minha. É o caso de um jogador e eu sou só uma pessoa de família humilde. É muito mais fácil arquivar o caso do que ir atrás da verdade - reclamou Najila.

Com o pedido do Ministério Público, junto à Polícia Civil, para arquivamento do processo na Justiça, o jogador não teria qualquer impedimento ou dívida com a justiça. Vale lembrar, no entanto, que embora o caso tenha sido arquivado, existindo novas provas contra o jogador, as investigações podem ser retomadas.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade