PUBLICIDADE

Na reta final de contrato, Rodinei se aproxima de marca importante no Internacional

Por conta da situação financeira do Colorado, o próprio técnico comentou em entrevista que lateral deve acabar retornando ao Flamengo

10 mai 2021 17h00
ver comentários
Publicidade

O lateral-direito Rodinei pode alcançar uma marca expressiva na próxima terça-feira (11) em sua passagem pela equipe do Internacional. Após a goleada sobre o Juventude no fim de semana por 4 a 1 onde marcou um dos gols que levou o Inter a mais uma decisão de Campeonato Gaúcho, o jogador pode fazer sua partida de número 50 vestindo a camisa vermelha frente ao Táchira em compromisso válido pela quarta rodada da fase de grupos na Libertadores.

Lateral tem acordo com término previsto para 30 de maio (Ricardo Duarte/Inter)
Lateral tem acordo com término previsto para 30 de maio (Ricardo Duarte/Inter)
Foto: Lance!

Sua estreia pelo Colorado aconteceu no Gauchão do ano passado quando a equipe enfrentava o Pelotas, no Beira-Rio. A partida terminou com a vitória do Inter pelo placar de 3 a 1 e o camisa 22 atuou por 74 minutos. Na atual temporada, são 10 partidas realizadas, sete assistências e dois gols marcados.

Rodinei é o garçom da equipe na temporada e os números o tornam o maior garçom do futebol brasileiro na atualidade. Dentro do 49 jogos disputados até pelo Inter, o retrospecto geral conta com 30 vitórias, nove empates e 10 derrotas além de três gols marcados.

- Muito feliz em poder chegar a uma marca importante dentro do Inter. Fico feliz, estou vivendo boa fase e ajudando meus companheiros na busca pelos objetivos. Só tenho a agradecer a oportunidade que o clube me deu e por todo o apoio que recebo dos meus colegas e torcedores do colorado - afirmou o lateral-direito.

Apesar das estatísticas jogarem favoravelmente, o aspecto financeiro deve impedir que Rodinei dê continuidade a sua trajetória no Beira-Rio. Estando emprestado pelo Flamengo e com o Internacional tendo situação financeira que impede de adquiri-lo em definitivo (atleta está orçado em 4 milhões de euros, equivalente a quase R$ 26 milhões, o próprio técnico Miguel Ángel Ramírez reconheceu em entrevista coletiva que ele não deve permanecer depois do dia 30 de maio.

- Estou muito contente com o desempenho do Rodinei. Fala muito bem do profissionalismo, acabando o contrato. Sabe que não vai ficar, que vai voltar, mas está sendo tão profissional. Tão generoso no esforço, aplicado. O que dizemos, faz e tenta na melhor maneira. Isso fala muito dele. Não preciso falar da hierarquia, da qualidade, porque sabemos - apontou Ramírez.

Lance!
Publicidade
Publicidade