3 eventos ao vivo

Muros do Nilton Santos e de General Severiano amanhecem pichados com críticas e ameaças de morte

Na penúltima colocação e sem vencer há sete rodadas, Botafogo enfrenta uma crise e sedes amanhecem com recados, xingamentos e ameaças a dirigentes e jogadores

1 dez 2020
14h57
atualizado às 14h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Muros do Nilton Santos e de General Severiano amanhecem pichados com ameaças de morte (Reprodução)
Muros do Nilton Santos e de General Severiano amanhecem pichados com ameaças de morte (Reprodução)
Foto: Lance!

Na penúltima colocação e sem vencer há sete rodadas, o Botafogo vive uma de suas maiores crises na temporada. Com o risco iminente de rebaixamento, os muros do estádio Nilton Santos e da sede de General Severiano amanheceram pichados com recados, xingamentos e ameaças de morte a dirigentes e jogadores.

Muros do Nilton Santos e de General Severiano amanhecem pichados (Reprodução)
Muros do Nilton Santos e de General Severiano amanhecem pichados (Reprodução)
Foto: Lance!

No próximo sábado, o Glorioso terá pela frente um clássico contra o Flamengo, às 17h, no Nilton Santos, em busca da recuperação na competição. Além das ameaças em caso de rebaixamento, os autores das pichações também citaram uma possível derrota contra o rival: "Ou ganha domingo (o jogo será sábado) ou morre".

Vale destacar que a partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão não marcará a reestreia do técnico Eduardo Barroca, já que o comandante alvinegro testou positivo para Covid-19. A equipe tem apenas 20 pontos em 22 jogos (11 empates) e necessita reencontrar o caminho das vitórias para sair e se afastar de vez da zona da degola.

Com a eliminação na Copa do Brasil para o Cuiabá, a queda brusca de rendimento do time e a instabilidade política, a torcida alvinegra perdeu a paciência com o que acontece no clube. Cabe salientar, que os muros do Nilton Santos também foram pichados após a eliminação da competição nacional e dois dos maiores questionamentos do botafoguense é sobre o futuro e a falta de transparência na mudança para o S/A (clube empresa).

Veja também:

Tua, Daniel Jones e Lamar Jackson são brindados com opções para o jogo aéreo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade