0

Muriel valoriza o empate e divide méritos com todo o elenco do Flu

Goleiro foi novamente fundamental para o Tricolor, que está a três jogos invictos e sem sofrer gols em duas partidas

10 out 2019
16h59
atualizado às 16h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O Fluminense desembarcou na tarde desta quinta-feira no Rio de Janeiro, com um ponto valioso na bagagem, ao empatar com o Cruzeiro em 0 a 0, em pleno Mineirão. Com isso, o Tricolor alcançou os 26 pontos, ocupando a 15ª posição, abrindo três de vantagem para o Ceará, o primeiro dentro do Z4. O goleiro Muriel, principal responsável pelo resultado, valorizou o desempenho do time, pincipalmente pela dificuldade da partida.

Muriel é o símbolo da boa fase do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Muriel é o símbolo da boa fase do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

- Ao meu ver foi um resultado positivo. Claro que a gente gostaria de vencer, mas pela circunstância do jogo, com o Cruzeiro jogando como se fosse uma decisão, com a torcida comprando a ideia e o time deles lutando até o fim. A gente não fez diferente, nos portamos muito bem, só não conseguimos colocar em prática o bom futebol, em termos de criação. Mas em termos defensivos, de aplicação, todos se doraram muito. Nos dois últimos dois jogos fora de casa, conquistamos quatro pontos e isso é muito importante. Vamos agora ter uma sequência em casa. Contamos com o apoio da torcida para conquistar as vitórias.

Com o empate, o Fluminense chegou ao segundo jogo consecutivo sem levar gols, feito que não acontecia desde abril, quando o Tricolor venceu em sequência a Luverdense e o Santa Cruz, por 2 a 0, em partidas pela Copa do Brasil. Muriel fez questão de ressaltar a melhora defensiva da equipe, dividindo os méritos com os jogadores do ataque.

- O jogo contra o Cruzeiro demonstrou isso. Com todas as dificuldades, conseguimos suportar bem. Não é só o sistema defensivo, mas sim todo o time. A gente vê o pessoal da frente, o João Pedro, Ganso, Nenê e Yony, todos ajudando muito na marcação, se doando o máximo. Às vezes por isso faltava um pouco de perna para jogar. Mas essa entrega foi importante neste jogo. A gente espera continuar evoluindo. Contra o Botafogo conseguimos mesclar mais isso, o sistema defensivo, com a criação lá na frente. Teremos dois jogos em casa, adversários difíceis, com pouco tempo para descansar e se preparar mentalmente para mais uma decisão, que é como nós estamos tratando todo o jogo.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Após a partida, mais uma vez os holofotes se voltaram para Ganso, não por alguma jogada de efeito, mas sim por conta de uma bronca em João Pedro, dentro de campo. O fato acabou polemizando, por se tratar do meia, que recentemente acabou discutindo com Oswaldo de Oliveira. Muriel saiu a favor do jogador, que na ocasião foi o capitão, explicando que as cobranças fazem parte do futebol.

- Na minha opinião era algo que estava faltando para nós. Estamos encarando os últimos jogos como decisão, se doando, pensando no bem do time, sem vaidades. No jogo a gente não tem tanto tempo e acaba se excedendo. Quem olha de fora pode achar que foi um pouco forte, mas isso no futebol é algo normal e que fica dentro de campo. No avião o Ganso e o João Pedro estavam perto, todos rindo. O ambiente aqui é muito bom, todos se dão muito bem. Essa situação é em prol do Fluminense e a gente vai continuar nessa pegada, um cobrando do outro e todos cobrando de si para evoluirmos cada vez mais.

O Fluminense volta a jogar no próximo sábado, contra o Bahia, no Maracanã.

BATE BOLA COM MURIEL

Número elevado de desfalques
- Após o jogo, foi falando pelo Marcão e Ganso, a importância do grupo. Sofremos muita dificuldades pelos desfalques. Quem entrou, jogou muito bem, são os casos de Dodi e Ewandro, assim também como o Orinho. Cada vez mais teremos que mostrar a força do nosso grupo. É importante ressaltar que está todo mundo focado, muito unido e tenho certeza que todos que vão entrar darão a contribuição para continuarmos crescendo no campeonato.

Grande fase vivida
- Fico feliz em ajudar o time, porém o mais importante é a gente pontuar. O nosso pensamento tem que ser esse, com todo mundo podendo fazer a diferença. Às vezes apenas um ou outro vai acabar se sobressaindo, porém o importante é o Fluminense continuar pontuando, sempre focado em poder ajudar e seguir em evolução.

Melhor momento do Fluminense

- Do momento que eu cheguei, eu posso falar que estamos em uma crescente. Mas parto do ponto que não podemos nos acomodar. O campeonato vai ficar agora cada vez mais afunilado. Todo mundo, dentro dos seus objetivos, vai precisar cada vez mais dos pontos. Então temos que continuar crescendo, sem se acomodar. Fico feliz pelo que fizemos nos últimos jogos. Pontuar fora de casa, pela dificuldade, é muito importante, mas não quer dizer que teremos mais facilidade jogando em casa.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade