1 evento ao vivo

'Minha história no Corinthians ainda não acabou', avisa volante Gabriel

Meio-campista fez apenas dois jogos nesta temporada e terá nova chance na quinta, contra o Vila Nova, no Serra Dourada. Jogador se mantém otimista no Timão

3 jul 2019
16h35
atualizado às 16h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Na reserva do Corinthians e ainda esperando ganhar mais oportunidades nesta temporada, o volante Gabriel não jogou a toalha no clube do Parque São Jorge. Apesar de ter feito apenas uma partida oficial em 2019, o meio-campista mantém esperanças de seguir escrevendo uma história vitoriosa no Timão.

Atualmente, Gabriel é o reserva imediato de Ralf no Corinthians (Foto: Divulgação/Mauro Galvão)
Atualmente, Gabriel é o reserva imediato de Ralf no Corinthians (Foto: Divulgação/Mauro Galvão)
Foto: Lance!

- Minha cabeça está totalmente voltada ao Corinthians, tenho contrato longo (fim de 2020). Minha história no Corinthians ainda não acabou. Conquistei títulos importantes. Vou buscar ganhar mais jogos, mais títulos, escrever minha história ainda maior aqui dentro - afirmou o volante em entrevista no CT Joaquim Grava nesta quarta.

Tricampeão paulista (2017, 2018 e 2019) e campeão brasileiro (2017) com o Corinthians, Gabriel perdeu espaço no clube após a chegada de Ralf, no ano passado. Some-se a isso as seguidas lesões que o afastaram dos gramados e a alta concorrência no elenco no setor de meio de campo.- Quando cheguei no Corinthians (em 2017), joguei o ano inteiro. Aqui, não sabemos quem é titular e quem é reserva. Ralf está em momento de jogar. Eu fiquei quase quatro meses fora. É difícil recuperar a titularidade com tantos jogadores de alto nível na minha posição. Essa pausa foi importante. Essa retomada vai ser boa. Vamos com paciência - pontuou.

Aos poucos, o volante vai recuperando seu status. É bem verdade que foi apenas um jogo oficial nesta temporada e o amistoso contra o Botafogo, no último sábado. Na próxima quinta, contra o Vila Nova, no Serra Dourada, o camisa 5 do Timão deve, mais uma vez, ir a campo.

- O primeiro passo é treinar bem, estar 100% preparado. A comissão me conhece, temos um dia a dia muito saudável. Sabemos que quem vai jogar, vai entrar bem e ajudar. Não é porque perde, que está tudo errado e aquele não serve ou vice-versa. Somos frios ao analisarmos. O primeiro passo é treinar bem e entrar para mostrar meu futebol - afirmou o jogador, não escondendo sua ansiedade para recuperar espaço no elenco.

Na próxima quinta, às 21h30, o Corinthians faz seu segundo amistoso durante esta parada da Copa América. A tendência é de que Fábio Carille coloque em campo duas equipes diferentes para enfrentar o Vila Nova, no Serra Dourada.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade