1 evento ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Mineirão é palco de boas lembranças para o Brasil contra a Argentina

No Gigante da Pampulha, foram cinco jogos e nenhuma derrota da equipe brasileira diante da seleção albiceleste. O duelo de terça-feira será o sexto encontro em Belo Horizonte

29 jun 2019
18h14
atualizado às 18h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O duelo entre Brasil e Argentina, na próxima terça-feira, 2 de julho, às 21h30, no Mineirão, pela semifinal da Copa América, traz ótimas lembranças para a equipe brasileira.

A última vez que a Argentina encarou o Brasil no Mineirão, foi derrotada por 3 a 1, em 2016, pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-(Foto: AFP PHOTO)
A última vez que a Argentina encarou o Brasil no Mineirão, foi derrotada por 3 a 1, em 2016, pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-(Foto: AFP PHOTO)
Foto: Lance!

Em cinco encontros no Gigante da Pampulha na história, desde 1968, a Seleção não saiu derrotada em nenhuma oportunidade contra os argentinos. Esse retrospecto positivo pode ser um item a mais não só para incentivar a equipe comandada por Tite, após a suada classificação nos pênaltis contra o Paraguai, em Porto Alegre, mas também deixar o torcedor otimista com um triunfo diante dos maiores rivais no futebol mundial.

O primeiro jogo entre brasileiros e argentinos em Minas aconteceu no dia 11 de agosto de 1968, em amistoso. A Seleção naquela oportunidade tinha jogadores mineiros, de Cruzeiro, América e Atlético, representando o time nacional naquela oportunidade. Craques como Dirceu Lopes, Raul, Tostão ajudaram o Brasil a vencer por 3 a 2, com gols de Evaldo, Rodrigues e Dirceu para a Seleção, e Alberto Rendo e Angel Silva descontando para os hermanos.

Sete anos depois, em 1975, o encontro foi pela Copa América, que na época era disputada em sistema de jogos de ida e volta para definir o campeão. No jogo do Mineirão, no dia 6 de agosto daquele ano, outra vitória canarinho, desta vez por 2 a 1, graças a dois gols do lateral-direito Nelinho, sendo um deles um golaço de falta, marca registrada do jogador do Cruzeiro na época.
Confrontos recentes, todos valendo vaga na Copa do Mundo

Após o jogo de 1975, a Seleção ficou 29 anos sem duelar contra a Argentina no Mineirão. O retorno do clássico no estádio aconteceu no dia 2 de junho de 2004, em partida válida pelas eliminatórias da Copa Mundo da Alemanha, que foi disputada em 2006. E naquele dia Ronaldo Fenômeno foi o dono da noite. O craque da camisa 9 marcou três vezes, todas de pênalti, mas sem tirar o brilho da equipe, que fez um grande jogo e saiu de campo merecedora da vitória. Foi a última partida do Fenômeno no estádio que o revelou para o mundo, quando jogou pelo Cruzeiro, com a camisa da Seleção.

Quatro anos depois, no dia 16 de junho de 2008, mais uma partida de eliminatória. Desta vez para a Copa de 2010, na África do Sul. Com um time renovado por Dunga, campeão da Copa América de 2007, justamente em cima dos argentinos. Mas a equipe brasileira não conseguiu se impor e acabou terminando o jogo em um empate por 0 a 0, com parte da torcida mineira vaiando o time nacional.

As pazes com os mineiros vieram oito anos depois, em 2016, já com a geração de Neymar, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho buscando uma vaga no Mundial da Rússia. O trio estava inspirado e o Brasil, já sob o comando de Tite, que assumira no lugar de Dunga, após péssimo início de eliminatória, aplicou um expressivo 3 a 0 na equipe de Messi, com gols de Neymar, Philippe Coutinho e Paulinho. O resultado deixou o torcedor animado e confiante numa campanha com chances de trazer o hexacampeonato na Rússia, que acabou não vindo.

Chance de redenção

Já o encontro da próxima terça-feira, no Mineirão, será a oportunidade desse grupo de jogadores de Tite melhorar a imagem após o fiasco na Copa da Rússia e das atuações ruins dentro da própria Copa América, quando sofreu na primeira fase e quartas de final com empates diante da Venezuela e Paraguai, sem apresentar um bom futebol que empolgasse o torcedor brasileiro.

Sem Neymar como referência técnica, Tite ainda busca no coletivo algo capaz de produzir um jogo de bom nível para diminuir as críticas e partir para outra conquista de Copa América em solo brasileiro.

Confira abaixo todos os jogos do Brasil contra a Argentina no Mineirão

Brasil 3 x 2 Argentina-11/8/1968- Amistoso
Gols: Evaldo, Rodrigues e Dirceu(Brasil). Alberto Rendo e Angel Silva(Argentina)

Brasil 2 x 1 Argentina-6/8/1975- Copa América
Gols: Nelinho, duas vezes(Brasil). Asad(Argentina)

Brasil 3 x 1 Argentina-2/6/2004- Eliminatórias para a Copa do Mundo da Alemanha
Gols: Ronaldo, três vezes(Brasil). Sorín(Argentina)

Brasil 0 x 0 Argentina-18/6/2008- Eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul

Brasil 3 x 0 Argentina-10/11/2016- Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia
Gols: Neymar, Paulinho e Philippe Coutinho(Brasil).

Veja também:

Saiba o time dos campeões do BBB na história
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade