0
Logo do Atlético-MG
Foto: Divulgação

Atlético-MG

Micale elogia entrega contra o líder, mas admite estar longe do ideal

Treinador diz que há evolução em relação às partidas anteriores, mas que ainda há um longo caminho a ser percorrido para conter oscilações

3 ago 2017
18h42
  • separator
  • comentários

Rogério Micale está só começando seu trabalho no Atlético. Até aqui, foram uma vitória e duas derrotas, a última, para o Corinthians, na última quarta-feira, no Mineirão. Apesar do pouco tempo no comando da equipe, o treinador afirma já ter visto alguma evolução, em relação aos jogos passados.

- Confio no meu time. Eles estão dando resposta. Houve entrega. Vejo que evoluímos em alguns setores, mas precisamos avançar. Infelizmente é descansar e jogar, é muito na conversa. Quando se pega um time tão sólido, temos de ter cuidado. O Corinthians não perdeu no Brasileiro e vive momento mágico. Temos de manter a calma para avaliar. Vestir a camisa do Galo já é um peso. O torcedor está acostumado a brigar acima da tabela. estamos vivendo um momento de oscilações. O caminho ainda é longo - completou Micale.

Em relação a reforços, Micale afirmou que nada está descartado, inclusive os jogadores que vêm ficando no banco, como Robinho e companhia, mas que tudo será discutido internamente.

- emos que fazer a avaliação interna, com o presidente e diretoria (sobre reforços). Temos um elenco grande em que tentamos explorar o que estão melhores. Estamos variando e oportunizando os que não tiveram chances. Não que não contamos com quem já teve chance. Mas precisamos de uma resposta, de algo diferente, para que a gente cresça na competição. (É difícil) achar esse equilíbrio contra uma equipe como a do Corinthians, que está bem montada e treinada, que sabe sofrer, está confiante e sabe atacar. O objetivo é trabalhar forte para buscar as vitórias em casa - avaliou.

O próximo compromisso do Galo é contra o Grêmio, neste domingo, às 16h, em Porto Alegre. Depois, o Atlético encara o Jorge Wilstermann, na quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, pela Libertadores. A equipe de Rogério Micale precisa vencer os bolivianos por dois ou mais gols de diferença para seguir vivos na competição, após perder o jogo de ida por 1 a 0, fora de casa.

Galo não conseguiu voltar a vencer em casa, perdendo para o Corinthians, na última quarta-feira - Vinnicius Silva/Raw Image
Galo não conseguiu voltar a vencer em casa, perdendo para o Corinthians, na última quarta-feira - Vinnicius Silva/Raw Image
Foto: LANCE!
LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade