1 evento ao vivo

Mescla no elenco e busca por calma: como o Botafogo chega no Brasileirão

Com calendário cheio, foco do Alvinegro foi montar elenco qualificado para aguentar temporada; dirigente afirma ter equipe competitiva para encarar a competição

10 ago 2020
06h01
atualizado às 06h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após um mês de treinamentos, o teste real do Botafogo se aproxima. O clube de General Severiano chega à semana da estreia no Campeonato Brasileiro. A equipe de Paulo Autuori joga contra o Red Bull Bragantino na próxima quarta-feira, às 19h15, no Estádio Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Paulo Autuori é o treinador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Paulo Autuori é o treinador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

O Botafogo, até lá, terá os últimos dois dias de treinamentos. Pela sequência e os últimos treinamentos, Paulo Autuori possui uma base do time titular na cabeça. Os dirigentes do Alvinegro, contudo, sabem que apenas uma equipe não é capaz para encarar o Campeonato Brasileiro, ainda mais enxuto em termos de datas pela pandemia do novo coronavírus.

- O elenco que montamos e que vai disputar o Brasileiro está dentro do orçamento do Botafogo. O coletivo desse ano tem mais qualidade do que nos outros anos e com uma folha salarial menor. Fomos obrigados a fazer uma remodelagem no elenco, entendíamos que o grupo precisaria ser modificado. Hoje o torcedor sabe que temos um elenco de qualidade e que pode ser competitivo, que tem condições de enfrentar de igual para igual as maiores equipes do futebol brasileiro - afirmou Marco Agostini, VP de futebol do clube, em entrevista à "BotafogoTV".

A mescla é uma das marcas do elenco do Botafogo. Com dificuldades financeiras, jogadores da base ganham cada vez mais espaço em nível profissional. Ao lado deles, atletas mais experientes, como Diego Cavalieri, Cícero e Keisuke Honda.

O objetivo do Botafogo na competição passa, acima de tudo, por ficar longe da zona de rebaixamento. Para Marco Agostini, a competição será complicada, mas o elenco é qualificado para superá-la.

- Será um Campeonato Brasileiro muito difícil e peço que a torcida tenha um pouco de paciência. Estamos com um time em formação, remodelamos. Hoje entendemos ter um time competitivo, com jogadores experientes mesclados com jovens de grande talento, para encarar um campeonato que vai até fevereiro, com jogos quarta e domingo e que exigirá muito de todos. Começou a luta, começou a guerra e estamos prontos para ela. Vamos vencer muitas batalhas e esperamos ter muitas conquistas

Veja também:

As campanhas mais polêmicas do futebol brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade