0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Médicos liberam e Maicosuel tem chance de voltar a jogar na quarta

Atacante, que atuou somente 45 minutos há mais de um mês pelo São Paulo, concluiu um trabalho para reequilíbrio muscular e está nas mãos do preparador físico o seu retorno

14 jul 2017
18h40
  • separator
  • comentários

Depois de quase um mês afastado do treinamento dos colegas para fazer um trabalho de reequilíbrio muscular, Maicosuel tem chances de voltar a jogar pelo São Paulo na próxima quarta-feira, contra o Vasco. Os médicos já liberaram o atacante que, agora, tem seu retorno nas mãos do preparador físico Celso Rezende.

O jogador deve voltar a treinar normalmente com o elenco na segunda-feira, no CT da Barra Funda. O preparador físico irá acompanhar sua evolução para definir quando o deixará à disposição de Dorival Júnior, e a expectativa mais otimista é de que ele seja desfalque pela última vez neste domingo, contra a Chapecoense, em Santa Catarina.

O primeiro passo do trabalho de reequilíbrio muscular foi dado. A preocupação dos médicos era que ele deixasse de se queixar de dores, o que foi atingido. Maicosuel já vinha fazendo exercícios no gramado sob o acompanhamento dos fisioterapeutas, com movimentos leves com bola, além de trabalhos mais específicos no Reffis.

Contratado por 1 milhão de euros (cerca de R$ 3,5 milhões) do Atlético-MG, Maicosuel assinou contrato até 2020, foi apresentado no dia 7 de junho e, no dia seguinte, foi titular no triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória. Saiu no intervalo reclamando de dores no púbis e não jogou mais.

Ele tinha atuado quatro dias antes pelo Galo e, segundo os médicos do São Paulo, só entrou em campo pelo São Paulo em 8 de junho porque não se queixou de dores. Após sua estreia, contudo, o atacante de 31 anos passou a fazer esse trabalho de reequilíbrio muscular para correr menos risco de lesões. Completou cinco semanas com esse protocolo.

Maicosuel solicitou à diretoria que não recebesse salário enquanto não estivesse à disposição e teve seu pedido atendido. Agora, depende somente do aval do preparador físico Celso Rezende para voltar a receber seus rendimentos.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade