3 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Marta é recebida com festa e homenagens na sede da CBF

Camisa 10 recebeu placa de agradecimento da CBF por influência na história do futebol

23 out 2018
15h27
atualizado às 16h26
  • separator
  • comentários

O tapete vermelho na entrada da CBF já indicava que, por ali, passaria alguém de renome - e foi exatamente isso que aconteceu. Foi por aquele tapete que Marta, eterna Rainha do futebol e melhor jogadora de todos os tempos, chegou à sede da entidade do futebol brasileiro. Nesta segunda-feira, a jogadora da Seleção foi homenageada na Casa do Futebol Brasileiro por ter se tornado a primeira atleta eleita seis vezes a melhor do mundo, entre homens e mulheres.

A decoração trouxe os seis troféus conquistados pela camisa 10, que cedeu as peças para exposição na sede da CBF até o fim de 2018. Ao chegar no prédio, Marta foi recebida por centenas de crianças que, com camisas personalizadas para o dia especial, esperavam por ela antes de conhecer o Museu Seleção Brasileira. A presença da Rainha causou euforia entre os fãs mirins, que tocavam nela como se tentassem acreditar que ela de fato é real.

Marta vive dia especial na sede da CBF
Marta vive dia especial na sede da CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF / LANCE!

"A motivação maior parte dos fãs, das pessoas que te acompanham, de um comentário que você lê nas redes sociais, das crianças que a gente encontra mundo afora. É aí que você percebe que vale a pena seguir em frente, que a decisão que você tomou há muitos anos atrás foi certa. Inspirar as pessoas é uma das coisas mais fantásticas do mundo", destacou.

A camisa 10 teve dificuldades em conter as lágrimas durante as homenagens. A Rainha revelou que a vontade da CBF em homenageá-la já tinha sido manifestada na última data Fifa, mas ela não esperava que a festa fosse assumir tamanhas proporções.

"Não imaginei que fosse ser tudo isso. Você chegar e se deparar com aquelas crianças todas emocionadas e eufóricas pela tua presença ali é algo fantástico, é difícil de expressar com palavras. É gratificante, porque você sente ali que o seu trabalho está sendo feito de maneira positiva, porque é exatamente essa mensagem que a gente tenta passar para as crianças. De confiança, de acreditar, de motivação. Nesses momentos que você percebe que vale a pena", complementou a jogadora do Orlando Pride.

Entre as homenagens, Marta recebeu uma placa de agradecimento da CBF. A peça a parabeniza não só pelas premiações de melhor do mundo, mas também por sua influência e exemplo para crianças mundo afora.

Marta recebeu 14 indicações à honra de melhor do mundo - e 12 anos separam seu primeiro e último prêmios. O período impressiona pela longevidade da atleta, hoje com 32 anos, mas também é indicativo do trabalho árduo que a Rainha realizou a longo de sua carreira. Em sua cabeça, a camisa 10 sempre relembra as adversidades que precisou superar para chegar ao topo do mundo - de onde ela não quer sair tão cedo.

"Quando eu vou dividir uma bola, às vezes a minha adversária está bem mais próxima do que eu, e aí eu tento buscar força no meu passado. Olha onde você chegou, vai conseguir chegar primeiro na bola que ela. Eu uso muito todas as dificuldades que eu tive na infância, até pouco tempo mesmo, para superar as adversidades", revelou.

E nosso agradecimento será eterno: nada poderá retribuir o verdadeiro furacão que Marta causou no futebol mundial. Atualmente, a Rainha se vê ainda mais otimista para o futuro graças ao crescimento do futebol feminino.

"Hoje a gente sente que está bem diferente e a facilidade é maior de se encontrar escolinhas de futebol feminino. A gente vê que a família está incentivando bastante. Isso vem devido ao nosso trabalho. Não só a Marta, como a Seleção Feminina nos últimos tempos vem ajudando muito, porque as pessoas estão tendo a oportunidade de conhecer o futebol feminino, principalmente no Brasil", finalizou Marta.

Veja também:

 

 

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade