1 evento ao vivo

Marcelinho Huertas está fora de jogos contra Chile e Venezuela

O brasileiro não foi liberado pelo Baskonia, da Espanha, para as partidas da primeira fase das eliminatórias para o Mundial da China

14 nov 2017
15h22
atualizado às 17h03
  • separator
  • comentários

A Seleção Brasileira masculina de basquete não contará com Marcelinho Huertas. O armador não foi liberado pelo Baskonia, da Espanha, para defender a amarelinha contra o Chile e a Venezuela, em partidas válidas pela primeira fase das eliminatórias para o Mundial da China, em 2019. O brasileiro tem compromisso pela Euroliga no dia 23. A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) ainda espera contar com o jogador para o segundo confronto. O técnico Petrovic não fará novas convocações.

Marcelinho Huertas estreou no Baskonia em setembro (Foto: Divulgação/ASE)
Marcelinho Huertas estreou no Baskonia em setembro (Foto: Divulgação/ASE)
Foto: LANCE!

- Vamos esperar o Marcelinho até os 48 do segundo tempo. É uma situação mais para o jogo do Rio do que para o jogo do Chile. Para o jogo no Chile não estamos contando com ele, mas para o jogo da Venezuela, ainda está em aberto. Sonhar não custa nada - disse Renato Lamas.

Após a mudança no formato das eliminatórias, a Euroliga e a NBA já haviam anunciado que não liberariam jogadores para a competição organizada pela Federação Internacional de Basquete (Fiba). Os jogadores do Baskonia avisaram, através de um comunicado, que não virão para os jogos.

Durante a convocação da Seleção Brasileira na última semana, já se sabia da difícil liberação de Huertas. Mesmo assim, o atleta foi chamado. O Brasil estreia nas Eliminatórias em Osorno (CHI), no dia 24, contra a seleção local. Na sequência, no dia 27, o Brasil encara, na Arena Carioca 1 (RJ), a Venezuela.

Além do brasileiro, outros seis jogadores do clube espanhol não foram liberados: Janis Timma (Letônia), Jayson Granger (Uruguai), Johannes Voigtmann (Alemanha), Vincent Poirier (França), Ilimane Diop (Espanha) e Tornike Shengelia (Geórgia).

Outro desfalque da Seleção será o pivô Augusto Lima, do Besiktas, da Turquia. Alegando motivos particulares, o jogador pediu dispensa não se reunirá ao grupo no próximo dia 19 para as partidas contra Chile e Venezuela.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade