3 eventos ao vivo

Maradona diz que espera ver Guerrero jogando na Rússia

Craque argentino lembrou de sua batalha contra o uso de drogas e pediu que a Fifa não puna Guerrero, afastando o atacante do Peru e do Flamengo de seu trabalho, e sim o ajude

22 mai 2018
11h32
atualizado às 12h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Diego Maradona, histórico craque e ídolo argentino, publicou um emocionante texto em solidariedade a Paolo Guerrero, atacante do Peru e do Flamengo. O ex-jogador lembrou de sua luta contra o vício das drogas e manifestou-se contra a pena imposta de 14 meses de suspensão ao centroavante, que, nesta terça-feira, seu reunirá com Gianni Infantino, presidente da Fifa, na Suiça.

Diego Maradona apelou à Fifa, pedindo a liberação de Paolo Guerrero (Foto: Eitan Abramovich / AFP)
Diego Maradona apelou à Fifa, pedindo a liberação de Paolo Guerrero (Foto: Eitan Abramovich / AFP)
Foto: Lance!

A entidade foi citada por Diego Maradona, que torce pela reversão da decisão e espera ver Paolo Guerrero com a camisa 9 do Peru na Copa do Mundo de 2018.

"Hoje quero estar ao lado de Paolo Guerrero, neste momento tão feio que também passe. Tive uma doença e ninguém teve pena de mim, pelo contrário. Se a nova Fifa condena aqueles jogadores que fazem as pessoas felizes por terem cometido um erro, não deveriam lhes tirarem o trabalho, e, sim, deveriam ajudá-los a curarem-se", diz um trecho do texto de Diego Maradona.

Confira a publicação de Diego Maradona em apoio ao atacante Guerrero:No domingo, a FIFPro, Federação Internacional do jogadores de futebol, encaminhou à Fifa uma carta pedindo a liberação de Guerrero para a disputa da Copa do Mundo. A organização espera uma resposta até esta terça-feira.

Hugo Lloris, Simon Kjaer e Mile Jedinak, capitães das seleções da França, Dinamarca e Austrália, respectivamente, também declararam apoio ao centroavante. Os três serão adversários do Peru no Grupo C da Mundial-18.

Veja também

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade