PUBLICIDADE

Mandzukic abre mão de salário após ficar mais de um mês indisponível por conta de lesão no Milan

Croata ficou afastado dos gramados por quase dois meses e abriu mão do salário de março. Valor foi doado a instituição que apoia jovens em condições de vulnerabilidade

16 abr 2021
0comentários
Publicidade

Depois de ficar quase dois meses afastado por conta de uma lesão muscular, o atacante Mario Mandzukic, do Milan, em gesto nobre de sua parte, abriu mão do salário do mês de março. Em entrevista à agência italiana "ANSA", o presidente do clube rubro-negro, Paolo Scaroni, confirmou a atitude do atleta.

Mandzukic tem contrato somente até o fim da temporada, em junho (Foto: Divulgação / Site oficial do Milan)
Mandzukic tem contrato somente até o fim da temporada, em junho (Foto: Divulgação / Site oficial do Milan)
Foto: Lance!

- Um gesto excepcional. Demonstra a ética e o profissionalismo do Mario Mandzukic, assim como seu respeito pelo Milan - disse o dirigente, que afirmou ainda que o clube usará o dinheiro na Fundação Milan. A instituição apoia jovens em condições de vulnerabilidade.

- O clube terá, portanto, a oportunidade de apoiar ainda mais a Fundação Milan para projetos em favor de jovens em condições de vulnerabilidade econômica e educacional, para quem o esporte é uma ferramenta de inclusão social.

Contratado em janeiro para ser opção de ataque a Zlatan Ibrahimovic, o croata tem vínculo com o Milan somente até o final da temporada, em junho. Segundo o portal "RMC", os vencimentos do camisa 9 giram em torno de 300 mil por mês (R$ 2 milhões).

Desde que o atleta chegou, o Milan fez 17 partidas, mas Mandzukic esteve à disposição apenas em seis jogos, jogando cinco deles e sem marcar nenhum gol. A última vez que o croata entrou em campo foi no dia 18 de fevereiro. Contra o Parma, no último fim de semana, o atleta esteve no banco.

Lance!
Publicidade
Publicidade