PUBLICIDADE

Mailson busca novas oportunidades em meio a troca de treinador no Sport

Jogador quer aproveitar o período de transição vivido na comissão técnica do Leão da Ilha para recuperar espaço também apoiado nas estatísticas

9 abr 2021 17h32
ver comentários
Publicidade

O goleiro Mailson completou quatro anos de Sport recentemente no dia 3 de abril quando atuou pela Copa do Nordeste no duro revés por 4 a 0 para o Ceará. Em 2017, o jogador dava seus primeiros passos para substituir Magrão no gol do Rubro-Negro e contava com o apoio do torcedor por ser oriundo da base.

Arqueiro é formado na base do Rubro-Negro (Divulgação/Assessoria de Imprensa)
Arqueiro é formado na base do Rubro-Negro (Divulgação/Assessoria de Imprensa)
Foto: Lance!

De lá pra cá, Mailson soma 70 jogos oficiais com a camisa do Leão e um bom retrospecto positivo no que se refere a quantidade de gols sofridos. Com a expulsão de Luan Polli na última partida do Pernambucano onde a equipe empatou sem gols fora de casa contra o Afogados, Mailson deve ser o titular e pretende não sair mais da meta.

Na temporada 2018, o cria da base atuou em 13 jogos onde conquistou seis vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas onde totalizou somente 10 gols sofridos.

No Campeonato Pernambucano de 2019, Mailson atuou em sete jogos onde venceu seis e perdeu apenas uma, sendo decisivo no título estadual do Leão defendendo dois pênaltis na decisão contra o Náutico. Na temporada como um todo foram 36 jogos e 31 gols sofridos em 19 vitórias, 13 empates e apenas quatro derrotas.

Em 2020, o goleiro teve algumas oportunidades, atuando em sete jogos do campeonato estadual, sem nenhuma derrota e apenas três gols sofridos. Ganhando sequência para o Brasileiro, venceu o clássico regional com o Ceará, mas depois somou quatro derrotas e foi sacado, após seis jogos na Série A com seis gols sofridos. Todavia, sem Mailson no gol, o Sport acabou sofrendo 40 gols nos demais jogos do Brasileirão, com média de 1.3 gols sofridos por partida, deixando o torcedor preocupado com o rebaixamento até a reta final da competição.

Em 2021, o goleiro teve apenas três oportunidades e sofreu três gols. Diante do Vitória pelo Campeonato Pernambucano na próxima quarta-feira (), pode ser a quarta chance de Mailson jogar no ano já que, no sábado (10) contra o Treze pela última rodada dos grupos na Copa do Nordeste, Luan Polli pode atuar.

Pensando unicamente no aspecto estatístico, os concorrentes de Mailson na posição tiveram desempenhos inferiores. Enquanto Polli teve 10 gols sofridos em 7 jogos (1.42 por partida), Carlos Eduardo tomou oito gols sofridos em cinco compromissos, totalizando média de 1.6 por partida.

Lance!
Publicidade
Publicidade