0

Lukaku quebra jejum, mas United fica apenas no empate com Southampton

Red Devils tomam dois gols em 20 minutos, buscam a igualdade no placar, mas tropeçam novamente fora de casa na Premier League; Saints seguem sem vencer dentro de casa

1 dez 2018
17h26
  • separator
  • comentários

Em um jogo marcado por um primeiro tempo frenético, o Manchester United ficou no empate por 2 a 2 com o Southampton, fora de casa, e segue sem encostar no G4 da Premier League. Armstrong e Cedric Soares marcaram para os Saints, Lukaku e Ander Herrera fizeram os gols dos Red Devils.

Lukaku tentou, marcou, mas não evitou o empate (Foto: AFP)
Lukaku tentou, marcou, mas não evitou o empate (Foto: AFP)
Foto: Lance!

O St Mary's Stadium pegou fogo nos minutos iniciais da partida. Sem vencer dentro de casa no campeonato, o Southampton começou com tudo e colocou o Manchester United no bolso. Logo aos 13 minutos de jogo, os Saints abriram o placar com potente chute de Armstrong, após linda jogada individual de Redmond, que deixou a zaga do United perdida dentro da própria área.

Aos 20 minutos, os anfitriões dobraram o marcador com muito estilo. Rashford deu carrinho imprudente na entrada da área e o árbitro marcou a falta. Na cobrança, o português Cédric Soares bateu com perfeição e colocou a bola no ângulo de De Gea, que nada pode fazer para evitar o segundo dos Saints.Com dois gols atrás do placar, o Manchester United resolveu acordar e deu sinais de vida. Na marca de 33 minutos, Rashford ganhou na briga com a zaga e rolou para Lukaku, que finalizou forte na saída do goleiro para descontar para o United e encerrar seu jejum pessoal de gols.

Ainda no primeiro tempo, os Red Devils empataram a partida no sul da Inglaterra. Quando o relógio estava na marca de 39 minutos, Rashford fez bela jogada individual bela ponta direita e cruzou rasteiro, Ander Herrera, como um elemento surpresa, tocou de letra para as redes e empatou a partida com muito estilo.

Se o primeiro tempo teve emoção em praticamente todos os momentos, a etapa final foi completamente o oposto. Com mais posse de bola, o United permaneceu mais tempo no campo de ataque, mas não obrigou o McCarthy a trabalhar em nenhum momento. Ao contrário dos Saints, que em chute de longe distância de Redmond, fizeram De Gea sujar o uniforme, no que foi o último lance de perigo da partida.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade