PUBLICIDADE

Lucas Mendes se livra do rebaixamento na reta final da temporada e exalta objetivo cumprido

Zagueiro brasileiro lutou contra o rebaixamento até as últimas rodadas e conseguiu se livrar da queda na reta final do Campeonato Qatari

22 abr 2021
15h54 atualizado às 16h06
0comentários
15h54 atualizado às 16h06
Publicidade

Após o encerramento do campeonato nacional do Qatar, o zagueiro Lucas Mendes, do Al-Wakrah, comemorou o desempenho pessoal e o cumprimento do objetivo principal da equipe na temporada: evitar a luta contra o rebaixamento.

Divulgação / Al Wakrah
Divulgação / Al Wakrah
Foto: Lance!

O defensor, que iniciou a carreira no Coritiba, tem passagem pelo Olympique de Marselha e que já está no futebol qatari desde a temporada 2014/15, explicou as dificuldades encontradas pela equipe no ano.

- Num geral foi uma temporada boa, tivemos uns desfalques importantes durante um período difícil pra equipe. Lesões, COVID… Teve uma sequência de jogos que tivemos maus resultados, que poderia ter sido melhor. Mas saímos com o deve cumprido, quase o mesmo número de pontos da temporada passada. Sabíamos que poderíamos ser melhores, mas agora é descansar e voltar pra próxima temporada mais forte - disse Lucas, que apontou o momento mais difícil para a equipe.

- O que poderia ter sido melhor foi essa sequência muito longa sem vitórias, acho que foram cinco derrotas e três empates. Isso nos jogou lá embaixo, então nesse ponto poderíamos ter sido melhores. Com certeza ia nos ajudar muito a subir na tabela.

Titular durante toda a temporada, Lucas fez 23 jogos no ano com o Al-Wakrah. Ele analisou seu momento pessoal como muito bom, principalmente por ser um dos pilares da equipe.

- Pessoalmente acho que foi um ano bom, principalmente os últimos sete jogos. Acho que foram seis jogos sem derrota, cinco sem tomar gol. Então creio que meu desempenho pessoal foi muito bom. O grupo no fim do campeonato também conseguiu ser melhor, muito importante para nos ajudar a se manter na primeira divisão. E acredito que o próximo ano será melhor e, quem sabe, brigar por G4 do campeonato.

Lance!
Publicidade
Publicidade