0

Liverpool vence Arsenal e segue líder na Inglaterra

Reds não tomaram conhecimento dos Gunners e continuam com 100% de aproveitamento

24 ago 2019
15h26
atualizado às 15h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Assim como foi na temporada passada, o Anfield foi palco de um pesadelo para o Arsenal. Com um segundo tempo perfeito, o Liverpool nocauteou os Gunners, venceu por 3 a 1, e garantiu a liderança da Premier League por mais uma rodada. Matip e Salah (duas vezes) marcaram para os Reds. Torreira descontou no fim.

Chance de ouro

Apesar de ter menos a bola e jogar no contra-ataque, o Arsenal foi quem teve as melhores chances do início de partida, e as duas com Nicolas Pépé, em seu primeiro jogo como titular. O marfinense saiu cara a cara com Adrian e finalizou fraco, nas mãos do goleiro, e instantes depois, finalizou colocado e viu a bola tirar tinta da trave do Liverpool.

Fatal

Se o Liverpool não estava conseguindo infiltrar na defesa do Arsenal, o jeito foi apelar para a força aérea com os zagueiros Van Dijk e Matip. Aos 41 minutos do primeiro tempo, Alexander-Arnold bateu escanteio e Matip subiu mais que todo mundo para testar para abrir o placar em Anfield.

Na marca da cal

Na volta para o segundo tempo, o Liverpool voltou mais ligado na partida e surpreendeu o Arsenal. Logo aos 4 minutos, os Reds tiveram a chance de ampliar, quando David Luiz puxou Salah e o árbitro assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, o egípcio não deu chances para Leno e marcou o segundo dos Reds.

Onde você vai?

Com o Arsenal atordoado, o Liverpool continuou sendo incisivo e aproveitou para ampliar a vitória e garantir os três pontos. Salah partiu em velocidade, driblou e deixou David Luiz na saudade, e não perdoou na hora de finalizar colocado no canto de Leno para fazer o terceiro.

Gol de honra

Com o resultado praticamente definido, o Arsenal não teve outra alternativa a não ser buscar diminuir o prejuízo. Após alguns ataques perigosos, aos 40 minutos, Aubameyang rolou para Torreira, que finalizou no canto de Adrian para fazer o gol de honra dos Gunners.

Veja também

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade