6 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Leila Pereira abre processo contra três vice-presidentes do Palmeiras

Conselheira e patrocinadora entrou com a ação por conta de uma nota de repúdio assinada por Genaro Marino, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli. Processo é de R$ 300 mil

15 ago 2018
01h05
atualizado às 01h05
  • separator
  • comentários

Leila Pereira, conselheira e patrocinadora do Palmeiras, abriu processo contra três vice-presidentes do clube - Genaro Marino, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli. O motivo: a nota de repúdio assinada pelo trio contra ela, dizendo que a dona da Crefisa estava chantageando o clube com a renovação de contrato de acordo com o próximo presidente.

Leila Pereira abriu um processo contra três vice-presidentes do Palmeiras (Foto: Cesar Greco)
Leila Pereira abriu um processo contra três vice-presidentes do Palmeiras (Foto: Cesar Greco)
Foto: LANCE!

A informação foi publicada inicialmente pelo UOL, e o processo pede uma indenização de R$ 300 mil (R$ 100 mil de cada um dos vices). Leila alega que não fez ameaças, como dizem os vices; segundo ela, é a oposição que não deseja a permanência do patrocinador para o ano que vem, caso consiga vencer a eleição. A conselheira pede, também, que a nota seja editada, retirando os trechos mais ofensivos.

Maurício Galiotte vai tentar a reeleição no pleito deste ano, com Genaro provavelmente sendo seu adversário nas urnas. O contrato do Verdão com a Crefisa e FAM vence em dezembro, e a dona das empresas tem ótima relação com o mandatário.

Na semana passada, Genaro falou que não é contra a patrocinadora, mas tem restrições, especialmente da participação política de Leila no clube. A entrada da dona da Crefisa no Conselho Deliberativo foi o motivo para o racha dos três vices com a atual diretoria. Eles mantiveram-se mais próximos ao ex-presidente Paulo Nobre, que tentou evitar o envolvimento político da empresária em seu último ato à frente do Palmeiras.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade