4 eventos ao vivo

Lautaro não vê pressão na Argentina e cita jogo mais importante da vida

Atacante deve formar o trio de ataque com Lionel Messi e Sergio Agüero no confronto contra a Venezuela, nesta sexta-feira, no Maracanã

27 jun 2019
19h44
  • separator
  • 0
  • comentários

A Argentina vive atualmente uma das fases mais complicadas recentes. Depois de ser vice-campeã da Copa do Mundo e depois da Copa América duas vezes, a pressão por títulos é cada vez maior. Para o atacante Lautaro Martínez, de 21 anos, a palavra não é bem essa. Ele, por outro lado, enxerga que a seleção precisa levantar uma taça o quanto antes e garantiu dedicação do grupo.

Lautaro Martínez, em coletiva de imprensa no Maracana (Foto: Magalhães Jr/PHOTOPRESS/Lancepress!)
Lautaro Martínez, em coletiva de imprensa no Maracana (Foto: Magalhães Jr/PHOTOPRESS/Lancepress!)
Foto: Lance!

- Pressão, não sei se é a palavra. Mas obviamente necessidade. O futebol argentino é muito grande, com jogadores de alto nível e qualidade. Estamos crescendo, sabemos disso. Mas estamos em um processo. Dentro de campo daremos o melhor. Tomara que as pessoas nos apoiem, nos dá muita confiança. Tentaremos fazer um grande jogo e mudar de fase para que o povo festeje - afirmou o atacante em entrevista coletiva.

Jovem, Lautaro se destacou no futebol argentino quando atuava pelo Racing. Agora, ele veste as cores da Inter de Milão. Mesmo com pouca idade, ele é um dos destaques do time. Desde que Scaloni assumiu o time, após a Copa de 2018, ele é o goleador máximo da seleção com cinco gols.

- Obviamente é o jogo mais importante que vou jogar. Sempre sonhei com isso, tentarei desfrutar e dar o meu melhor. Tomara que façamos uma grande partida. Tentaremos pressionar o rival para que a iniciativa seja nossa, ter o controle da bola e não perder. Tentaremos gerenciar a bola com tranquilidade e marcar o mais rápido possível. Vamos tentar pressionar o rival, seguir com profundidade para marcar rápido. jogar com tranquilidade - disse.O técnico Lionel Scaloni testará a 13ª escalação em 13 jogos à frente da seleção da Argentina. Por isso, Lautaro Martínez avaliou a melhor forma de jogar e pediu concentração na equipe para que não haja surpresas no duelo.

- Me sinto muito bem jogando com Agüero. Nessa posição, quando está acompanhado, tem mais gente ao redor, se sente mais apoiado. O companheiro pode cumprir sua função quando você volta para buscar a bola. Estamos trabalhando vários sistemas essa semana, não sabemos quem irá jogar. Estamos com a bateria recarregada. Tentaremos nos concentrar desde o primeiro minuto para obter um resultado positivo. Perto do gol é onde me sinto mais confortável - falou.

Na primeira vitória dos argentinos na competição, a postura adotada foi mais ofensiva do que vinha sendo. Lautaro explicou a forma de atuar.

- Com o Qatar, como todos sabem, o único resultado era ganhar. Então preparamos o jogo de maneira diferente. Temos que levar isso em consideração. Estudamos ele e sabíamos que tentariam ganhar. Conseguimos marcar e continuamos criando situações. Nenhum rival joga igual. Tentaremos fazer a mesma coisa e pressionar. Sabemos que eles jogam por trás dos jogadores de centro. Vamos tentar pressionar - completou.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade