3 eventos ao vivo

Juventude vence o Sampaio Corrêa e segue com 100% de aproveitamento na Série B

Os gaúchos venceram os dois jogos que disputaram na competição, enquanto a Bolívia Querida perdeu as duas partidas e está na lanterna do Campeonato

11 ago 2020
21h25
atualizado às 21h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Pela segunda rodada do Brasileirão da Série B, em pleno estádio Castelão, com um gol marcado em cobrança de pênalti, o Juventude venceu por 1 a 0 o time do Sampaio Corrêa.

Foto: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa
Foto: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa
Foto: Lance!

Na próxima rodada, o Juventude pega o Paraná Clube, no Durival de Britto, dia 14 de agosto. Já o Sampaio Corrêa enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, dia 16 de agosto.

A partida

Mesmo jogando fora de casa, o Juventude não ficou intimidado e começou o jogo pressionando o Sampaio Corrêa. Inclusive, em cobrança de falta de Renato Cajá, a bola foi levantada na área e Gabriel Bispo conseguiu abrir o placar de cabeça. Mas o impedimento foi marcado e o gol foi anulado.

A anulação do gol e a blitz inicial dos gaúchos acordaram o time do Sampaio Corrêa, que em dois minutos criou duas ótimas chances. Mas Jackson e Gabriel Ramos acabaram desperdiçando suas oportunidades.

Quando tinha o domínio da bola, o Juventude até conseguia envolver bem o time Tricolor, mas sem oferecer muito perigo. Ao contrário dos visitantes, o Sampaio Corrêa conseguia com passes longos e em velocidade criar ótimas chances. A mais clara delas surgiu com Eloir, que invadiu a área, driblou o goleiro Marcelo Carné, mas acabou chutando em cima do zagueiro e perdendo uma oportunidade de ouro de inaugurar o marcador.

Assim como no início da partida, os gaúchos voltaram para o segundo tempo mostrando mais iniciativa, foram para cima do Tricolor e logo conseguiram uma penalidade ao seu favor. João Paulo ficou encarregado da cobrança. Ele não titubeou, bateu forte e balançou as redes: 1 a 0 para o Juventude.

Pouco depois do gol, o técnico Léo Condé, do Sampaio Corrêa, não teve dúvida e fez logo três alterações de uma vez. Após as substituições, a equipe Tricolor cresceu no jogo e foi para cima tentando furar a defesa adversária, mas os gaúchos conseguiam afastar qualquer tipo de investida do até ataque da Bolívia Querida.

O tempo era inimigo dos maranhenses, que tinham mais a posse de bola, rodavam ela com eficácia de um lado para o outro, mas não conseguiam de forma alguma furar a retranca dos gaúchos.

No finalzinho, o time do Sampaio Corrêa começou a alçar a bola na área em busca de um gol na base do chuveirinho, mas o Juventude conseguiu se defender bem e garantir os três pontos e 100% de aproveitamento.

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade