1 evento ao vivo

Juventude e Londrina erram muito e não saem do zero em Caxias do Sul

Apesar de resultado modesto em casa, ponto conquistado tira no momento o Papo da zona de rebaixamento no Brasileirão da Série B

27 set 2018
20h54
atualizado às 20h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Juventude e Londrina, jogando pela 29ª Rodada da Série B do Brasileirão, bem que tentaram com boa vontade fazer a felicidade de suas torcidas. No entanto, a falta de pontaria e até mesmo concentração dos dois lados não permitiu com que o zero saísse do marcador no estádio Alfredo Jaconi.

Foto: Reprodução/SporTV
Foto: Reprodução/SporTV
Foto: Lance!

Agora, os anfitriões sobem uma posição indo a 16º posto com 32 unidades, deixando temporariamente o Z4. O Tubarão segue em oitavo lugar com 40 pontos.

Primeira boa chance foi do Papo

Aos quatro minutos, depois de tanto tentar explorar o lado direito do ataque composto principalmente por Felipe Mattioni e Caio Rangel, a tabelinha deu certo. Com o cruzamento na medida do camisa 9, Hugo Sanches entrou bem na área, mas bateu muito embaixo da bola e acabou isolando a boa trama do ataque caxiense.

O Tubarão também se fez presente

Apesar de uma postura mais recuada nos primeiros minutos, ao evitar a pressão inicial dos donos da casa o Londrina conseguiu achar espaço na intermediária adversária para fazer o goleiro Douglas Silva trabalhar consideravelmente.

Em um deles, aos 11 minutos o chute forte de fora da área dado pelo meia Higor Leite forçou grande intervenção do goleiro do Ju. Na segunda oportunidade, dois minutos depois, Douglas quase foi enganado no corte da zaga do Ju com a bola batendo em Carlos Henrique e quase o encobrindo.

Livre, livre...

Outra boa chance do Juventude inaugurar o placar no Alfredo Jaconi veio em bola aérea. Com 20 minutos, o lateral Neuton cruzou na medida para Wágner, totalmente sem marcação, cabecear por sobre a meta do arqueiro e xará Vagner. Oportunidade clara não aproveitada pelos anfitriões.

Ju acertou a pontaria, mas...

Quando os donos da casa conseguiram fazer a torcida se animar em Caxias do Sul após testada do zagueiro Micael balançar as redes. Porém, rapidamente o árbitro Vinicius Furlan seguiu a marcação do assistente e anulou o tento por impedimento de maneira incorreta.

Em cima da hora!

O Alviverde de Caxias do Sul voltou a segunda etapa do jeito que terminou a primeira: Em cima do Londrina. Depois de passe em profundidade bem dado por Tony, Hugo Sanches só não finalizou porque Vagner foi rápido na reação e saiu para abafar a bola nos pés do atacante adversário.

Lá e cá

O jogo voltou a ficar aberto a partir dos 15, com o time visitante se sentindo mais confortável no trato com a posse de bola da mesma maneira que ocorreu nos primeiros 45 minutos. Em duas oportunidades, Carlos Henrique e Felipe Marques incomodaram a defesa do Juventude e relembraram o time Jaconero de seus problemas de marcação costumeiros até aqui na Série B.

Clima esquentou!

Já na parte final do duelo, uma dividida entre o atacante Jô (havia entrado na segunda etapa fazia apenas 11 minutos) e Neuton gerou bastante confusão e empurra-empurra por parte de jogadores tanto do Juventude como do Londrina. Após acalmados os ânimos, Vinicius Furlan decidiu por expulsar ambos e fazer com que a partida terminasse com 10 jogadores de cada lado.

Tubarão e Papo quase deram o bote final... quase

O campo ficou obviamente "maior" tendo o número de atletas reduzido, aparentemente os dois times reagiram bem a situação.

Com Thiago Ribeiro finalizando para boa defesa de Douglas Silva e Lucas Ramon não conseguindo cabecear certo por pouco, o Londrina esteve perto de acabar com o jejum dos ataques na noite dessa quinta-feira (27). Assim como fez o Juventude em cruzamento de Pará bem cortado por Vagner e no chute onde Felipe Mattioni "furou" o chute dentro da pequena área.

Porém, tal situação não aconteceu e o certame terminou mesmo em 0 a 0.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade