1 evento ao vivo

Juliana/Maria Elisa encara Larissa/Talita na final do Open em Brasília

16 ago 2015
10h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Um encontro de ex-parceiras marcará a final da primeira etapa da temporada 2015/2016 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Juliana e Maria Elisa (CE/PE) enfrentam Larissa e Talita (PA/AL) para decidir o título da parada em Brasília (DF). A final do torneio feminino terá transmissão ao vivo do SporTV a partir das 10h, com entrada franca ao público na arena montada ao lado do estádio Mané Garrincha.

Maria Elisa ataca durante a disputa da semifinal
Maria Elisa ataca durante a disputa da semifinal
Foto: Alexandre Arruda / CBV

Para chegar à decisão, Juliana/Maria Elisa (CE/PE) superou Maria Clara/Carol por 2 sets a 1, parciais de 21/14, 15/21, 14/16, em 1h03. Na outra semi, vitória de Larissa/Talita (PA/AL), por 2 sets a 0, parciais de 26/24, 21/15, sobre Fernanda Berti/Taiana (RJ/CE). A disputa da medalha de bronze será entre outras duas duplas que estão na corrida olímpica, representando o Brasil no Circuito Mundial 2015. Fernanda Berti e Taiana (RJ/CE) encaram Maria Clara/Carolina (RJ) por um lugar no pódio. A partida ocorre às 9h30.

Juliana e Larissa, que jogaram juntas por nove anos, disputaram os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando ficaram com a medalha de prata. No mesmo torneio, Talita e Maria Elisa formavam parceria que ficou na nona colocação. O reencontro entre as ex-parceiras não é novidade. Elas já se enfrentaram 11 vezes, com nove vitórias para Larissa/Talita e dois triunfos para Juliana e Maria Elisa.

A decisão é um prêmio para Maria Elisa, que superou uma virose e sentiu-se mal durante a disputa das quartas de final, ainda no sábado. Na vitória por 2 sets a 0 sobre Val e Josi, a atleta nascida em Rezende precisou receber atendimento médico.

- Eu tive uma virose, perdi muito líquido antes da etapa e acabei me sentindo fraca. Mas tomei um soro após as quartas de final, fui muito bem medicada, recebi um atendimento maravilhoso e não senti nada. E sei que amanhã também não sentirei, vamos para essa final com energia, prontas para dar nosso melhor - disse Maria Elisa.

Atuais campeãs brasileiras, Larissa e Talita reeditaram a decisão do Major Series de Gstaad, na Suíça, quando também superaram Fê Berti e Taiana. A sul-mato-grossense acredita que o Circuito Brasileiro é uma forma de evoluir e ajustar detalhes visando a corrida olímpica, principal objetivo das duplas na temporada.

- Sabemos do nível, o vôlei de praia brasileiro venceu sete das oito principais etapas do Circuito Mundial. Jogamos muitas vezes contra, então temos sempre que estar estudando, assistindo vídeos. Não é exagero dizer que é o torneio nacional mais forte do mundo. Então queremos jogar bem, manter o ritmo e se possível embalarmos com um título para esse final da disputa pela vaga olímpica - disse Talita.

Na campanha até a final, as duas duplas não perderam nenhuma partida, vencendo os dois jogos da fase de grupos e as partidas pelas quartas de final e semifinal. Larissa e Talita não perderam nenhum set até agora, enquanto Juliana e Maria Elisa conquistaram três vitórias no tie-break e uma por dois sets diretos.

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá nove etapas (cinco em 2015 e quatro em 2016) e uma edição do SuperPraia, com campeões independentes. Depois de Brasília, o Circuito Brasileiro passará, ainda este ano, por Contagem (MG), Goiânia (GO), Bauru (SP) e Curitiba (PR). As quatro etapas de 2016 e o SuperPraia, que reúne as oito melhores duplas da temporada, ainda terão suas cidades confirmadas.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade