0

Julgamento é adiado e Clayson poderá jogar a final

Atacante havia sido denunciado pelo TJD-SP por ter aparecido em vídeo xingando árbitro Raphael Claus após a semifinal do Paulistão

15 abr 2019
15h44
atualizado em 16/4/2019 às 12h15
  • separator
  • comentários

O atacante Clayson está liberado para defender o Corinthians no clássico contra o São Paulo, no próximo domingo, pela final do Paulistão. O jogador seria julgado nesta segunda-feira, mas o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) acatou o pedido de adiamento.

Clayson seria julgado por ter sido citado no artigo 258,§ 2º,II, que fala sobre quem assume "qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do Código de Justiça Desportivo". Isso porque o ele apareceu em um vídeo divulgado pelo próprio Corinthians ofendendo o árbitro Raphael Claus, após a semifinal diante do Santos.

Clayson apareceu em vídeo do clube xingando árbitro (Foto: Corinthians TV/Reprodução)
Clayson apareceu em vídeo do clube xingando árbitro (Foto: Corinthians TV/Reprodução)
Foto: LANCE!

A pena pode ser de uma a seis partidas de suspensão. Com o adiamento, ele está livre para atuar na finalíssima do campeonato.Clayson foi denunciado pelo TJD-SP na última quarta-feira, após ter aparecido no vídeo xingando o árbitro Raphael Claus já nos vestiários do Pacaembu.

A postagem foi apagada e substituída pelo clube. No primeiro vídeo sobre os bastidores da partida contra o Santos, Clayson aparece gritando no túnel "Chupa Claus, filho da p***". Depois de apagar o vídeo, o Corinthians repostou, cortando a parte do xingamento.

Durante o jogo, ao disputar uma bola com o adversário, Clayson ficou caído no gramado. O árbitro Raphael Claus mandou o jogo seguir e só autorizou a entrada dos médicos após a saída de bola.

Veja também:

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade