2 eventos ao vivo

Jornal espanhol faz comentário racista sobre Ansu Fati e Griezmann defende o atacante nas redes sociais

Jornal de Madri disse que atacante de 17 anos "parece um jovem negro em fuga da polícia" quando corre dos adversários. Griezmann pede "não ao racismo" em publicação

21 out 2020
19h01
atualizado às 19h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Barcelona não tem somente motivos para comemorar após a goleada sobre o Ferencváros, pela Liga dos Campeões. Atacante do clube catalão, Ansu Fati foi vítima de comentários racistas por parte da imprensa espanhola e o francês Antoine Griezmann, seu companheiro de equipe, saiu em sua defesa.

Ansu Fati foi vítima de racismo por parte da imprensa espanhola (Foto:  AFP)
Ansu Fati foi vítima de racismo por parte da imprensa espanhola (Foto: AFP)
Foto: Lance!

A crônica da partida no site do jornal "ABC", de Madri, assinada pelo jornalista Salvador Sostres, faz referência a Ansu Fati como um "jovem negro que corre fugindo da polícia" por conta de sua velocidade. O relato foi publicado nesta quarta-feira, dia seguinte ao jogo, e, até o fechamento desta nota, ainda permanecia no ar.

GRIEZMANN SAI EM DEFESA DE COMPANHEIRO

Contestado por suas atuações dentro de campo, o atacante Antoine Griezmann mostrou que fora de campo é solidário com os companheiros de equipe. Através de suas redes sociais, o francês demonstrou apoio a Ansu Fati e pediu "não ao racismo".

- Ansu é um garoto excepcional que merece respeito como qualquer ser humano. Não ao racismo e não à má educação - postou o camisa 7 no Twitter.

Veja também:

10 jogadores que levaram uma Copa do Mundo nas costas
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade