0
Logo do Chapecoense
Foto: terra

Chapecoense

Jogadores da Chape apontam erros da equipe em derrota para o Botafogo

No Rio de Janeiro, a Chapecoense saiu na frente com Apodi, mas viu o Alvinegro empatar e virar no último minuto de jogo. Jogadores apontam vacilos em campo

12 out 2017
16h20
  • separator
  • comentários

Após abrir vantagem contra o Botafogo, a Chapecoense viu a equipe igualar e virar o placar no Rio de Janeiro. A derrota por 2 a 1 desiludiu os jogadores, que deixaram o campo cabisbaixos com a consciência de que um ponto importante foi perdido, e a torcida, que se empolgou com o gol de Apodi, aos 14 minutos do segundo tempo, mas passou a se preocupar ainda mais com a zona de rebaixamento após o apito final.

Jorge Rodrigues/Eleven.
Jorge Rodrigues/Eleven.
Foto: LANCE!

Ao deixar o Estádio Nilton Santos, os jogadores ainda frustrados reconheceram que a Chape teve a vitória nas mãos, mas deixou escapar ao cometer duas graves falhas, que deram brechas para os gols de Brenner e de Vinícius Tanque, no minuto final.

- Vacilamos nos dois gols, não pode deixar ganhar a primeira bola no primeiro gol. Tenho certeza que fizemos um excelente jogo, mas infelizmente não saímos com a vitória. Futebol é isso aí, desconcentramos em uma bola parada, desconcentramos no final do jogo, e pagamos o preço - declarou Reinaldo à rádio Super Condá.

Capitão da Chape e autor do primeiro gol do jogo, Apodi frisou que os erros da equipe dentro de campo fará o time retornar para Santa Catarina com o peso de ter perdido pontos importantes nesta fase do Campeonato Brasileiro.
- Tínhamos o jogo controlado. Já tínhamos conversado que a bola parada deles era dois toques. A gente vacilou. E a última bola do jogo não podemos dar esse mole. A bola estava no nosso pé e quebramos sem necessidade. São erros que têm custado pontos importantes.

O zagueiro Douglas Grolli também destacou a falta de atenção da equipe em momentos importantes da partida contra o Botafogo, mas garantiu foco total da Chapecoense para a partida contra o Flamengo, que acontece às 17h do próximo domingo, na Arena Condá.

- Abrimos o placar e na hora que era para controlar o jogo, foi uma desatenção nossa e levamos gol de bola parada que acabou inflamando a equipe deles. Um ponto nos ajudaria bastante nesta luta nossa, mas agora segue que domingo tem jogo contra o Flamengo e temos que pontuar - afirmou.

A derrota para o Botafogo mantém a Chape na 12ª colocação, mas os 32 pontos acumulados deixam o alerta ligado, já que a equipe se distancia do Sport, primeiro time na zona de rebaixamento, por apenas dois pontos.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade