0

Jesualdo reclama da falta de atenção da CBF aos clubes paulistas

Em sua coluna no semanal no jornal 'O Jogo', de Portugal, o técnico do Santos mostrou preocupação com uma possível desigualdade de forças no início do Brasileirão

12 jul 2020
18h21
atualizado às 18h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O técnico Jesualdo Ferreira criticou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) na sua coluna semanal no jornal 'O Jogo', de Portugal. Para o português, a entidade deveria dar mais atenção aos clubes paulistas e se mostrou preocupado com uma desigualdade física, principalmente no começo do Campeonato Brasileiro.

Jesualdo criticou a CBF pela falta de atenção aos clubes paulistas (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Jesualdo criticou a CBF pela falta de atenção aos clubes paulistas (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

- As equipes paulistas constituem um quarto da tabela do Brasileirão, são cinco em 20 - Santos, Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Bragantino -, que representam o que há de melhor na história do futebol brasileiro. As quatro primeiras já campeãs do mundo e da Libertadores, e que mereciam mais atenção por parte da CBF, porque tenho a certeza que vamos estar num quadro de desigualdade com os nossos adversários que trabalham há mais tempo - escreveu o comandante santista.

O técnico citou o Flamengo como exemplo para mostrar o tempo de diferença na preparação das equipes paulista para o começo do torneio nacional.

- Estamos perto de perceber quais os efeitos da desigualdade desportiva que se vão verificar, olhando ao tempo de trabalho que tiveram, por exemplo, os times do Rio de Janeiro, particularmente o Flamengo, que recomeçou em 18 de maio, em comparação com os de São Paulo, que vão participar no Brasileirão e que só puderam voltar ao trabalho em 1 de julho - disse.

Vale lembrar que o Campeonato Paulista retoma no dia 22 de julho. O Santos enfrenta o Santo André, ainda sem data definida. O Brasileirão tem seu início marcado para o dia 09 de agosto e término previsto somente em fevereiro de 2021.

Veja também:

Você sabe o que aconteceu com os ganhadores do Prêmio Puskás?
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade