PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Jean Mota tem boa atuação e deve ser mantido contra o The Strongest

Jogador atuou mais recuado e fez o gol que daria a vitória ao Peixe diante do Red Bull Bragantino. Após saída de Pituca e lesão de Sandry, clube testou vários atletas na função

2 mai 2021
18h02 atualizado às 23h09
0comentários
18h02 atualizado às 23h09
Publicidade

Em busca de um substituto para o garoto Sandry, que por sua vez já era o substituto de Diego Pituca, o Santos testou mais uma vez o meia Jean Mota no empate em 1 a 1 contra o Red Bull Bragantino neste sábado, em Bragança Paulista, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista.

Jean Mota fez um golaço contra o Red Bull Bragantino, mas o VAR anulou (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Jean Mota fez um golaço contra o Red Bull Bragantino, mas o VAR anulou (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

O jogador, que já havia sido testado na vaga na derrota para o Grêmio Novorizontino, teve uma boa atuação, especialmente no segundo tempo, e fez o gol que daria a vitória ao Peixe, mas foi anulado pelo VAR.

Após o confronto, o auxiliar técnico Marcelo Fernandes elogiou a atuação de Jean Mota e o jogador deve ser mantido na equipe titular na partida da próxima terça-feira, contra o The Strongest, na Vila Belmiro, pela fase de grupos da Copa Libertadores.

- Temos alguns problemas de lesão, o Jean Mota tem tido boas atuações, tem distribuído o jogo bem, tem o chute de fora da área, que é algo que estávamos precisando. Ele fez um lindo gol, não tenho uma definição de que havia o impedimento. O Jean entrou em uma função que não era dele e esta se adaptando e ajudando muito a gente - afirmou Marcelo Fernandes.

Após a lesão de Sandry, o Santos já utilizou Kevin Malthus, Vinícius Balieiro, Ivonei, Felipe Jonatan e Pará como segundo jogador do meio-campo.

Lance!
Publicidade
Publicidade