0
Logo do Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Corinthians

Jadson Dependência? Entenda a importância do meia para o Timão na busca do título da Copa do Brasil

Artilheiro do Corinthians na temporada, camisa 10 tem números expressivos em 2018 e pode ser a peça chave para a equipe na decisão com o Cruzeiro, na próxima quarta

12 out 2018
07h39
  • separator
  • comentários

Juntando forças para o segundo e decisivo jogo da final da Copa do Brasil, o Corinthians busca alternativas para melhorar seu desempenho ofensivo e reverter a derrota sofrida para o Cruzeiro, por 1 a 0, na última quarta. Precisando vencer por dois ou mais gols de diferença para faturar seu segundo título na temporada sem a necessidade de pênaltis, o Timão marcou gols em apenas cinco de seus últimos dez jogos na temporada. Uma das esperanças do técnico Jair Ventura está no meio-campista Jadson.

Quando está em campo, Jadson participa diretamente de 42% dos gols do Corinthians (Daniel Augusto Jr)
Quando está em campo, Jadson participa diretamente de 42% dos gols do Corinthians (Daniel Augusto Jr)
Foto: LANCE!

Dono da camisa 10 do Corinthians, o armador tem funcionado como uma espécie de termômetro do Alvinegro. Quando Jadson tem liberdade para construir as jogadas de ataque, o time corresponde positivamente. Ao todo, o meia fez 47 jogos neste ano - contando os amistosos da Florida Cup, em janeiro, e de meio de temporada, durante a parada para a Copa do Mundo. Com ele em campo, a equipe do Parque São Jorge anotou 60 gols, média de 1,27 gols por partida

Destes gols, Jadson participou diretamente de 25 deles, tendo balançado as redes adversárias em 13 oportunidades e ainda dado 12 assistências aos seus companheiros. Na prática, isto significa que quando o meio-campista está em campo, participa de 42% de todos os gols feitos pelo Corinthians.
Para se ter uma ideia de tamanha relevância, basta analisar alguns números recentes do Timão. Dos últimos 14 gols feitos pelo clube na temporada, Jadson participou diretamente de dez deles, com seis assistências e quatro gols. Vale lembrar que ele é o artilheiro da equipe em 2018, e o segundo jogador com mais gols na história da Arena Corinthians, com 23. O paraguaio Romero lidera a lista com 27.

Para ser campeão da Copa do Brasil na próxima quarta, a equipe do Parque São Jorge precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Caso vença por apenas um gol, a decisão do título será decidida na cobrança de pênaltis. Os mineiros jogam pelo empate ou por qualquer triunfo para levantarem sua sexta taça do torneio nacional.

Ciente de sua necessidade e também de suas limitações, o Corinthians vai poupar seu camisa 10 - assim como a maioria de seus titulares - do jogo do próximo sábado, contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Afinal, o time do técnico Jair Ventura enfrenta um problema grave de produção ofensiva. Para a final com o Cruzeiro, a presença do experiente Jadson, de 34 anos, em plenas condições físicas e técnicas é vital para as aspirações alvinegras.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade