2 eventos ao vivo

Invicto em finais pelo Palmeiras no Dérbi, Luxa tem cenário inédito

Treinador venceu as três decisões como técnico do Alviverde contra o rival, mas jogo de ida teve vitória, em duas oportunidades, e derrota, uma vez. Empate na ida é a novidade

6 ago 2020
08h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Vanderlei Luxemburgo tem experiência quando o assunto é final entre Palmeiras e Corinthians. Dono de três títulos conquistados contra o rival como técnico do Alviverde, ele vive um cenário inédito para a finalíssima.

Luxemburgo disputa a quarta final pelo Palmeiras contra o Corinthians (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
Luxemburgo disputa a quarta final pelo Palmeiras contra o Corinthians (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
Foto: Lance!

Nas três oportunidades anteriores, Luxa saiu vencedor ou perdedor dos duelos contra o Corinthians. Na final do Paulista de 1993, ele acabou derrotado por 1 a 0, gol de Viola. Na volta, o Verdão fez 3 a 0 no tempo normal e Evair, de pênalti, sacramentou o título finalizando o marcador: 4 a 0. O título findou um jejum de quase 17 anos sem conquista palmeirense.

No mesmo ano, as duas equipes voltaram a se enfrentar em uma final, desta vez pelo Rio-SP. Naquela oportunidade Edmundo marcou duas vezes e abriu caminho para o título, decretado com um empate sem gols na volta.

Os rivais voltaram a se encontrar na final do Campeonato Brasileiro de 1994. A vantagem a favor de Luxemburgo foi criada logo na ida com o triunfo por 3 a 1, no Pacaembu. A igualdade por 1 a 1, também no Paulo Machado de Carvalho, deu, novamente, a taça para o Palmeiras.

No sábado (8), Luxemburgo precisa vencer para ser campeão durante os 90 minutos. Em caso de novo empate a decisão será nos pênaltis.

Veja também:

Garotada do Flamengo vai bem dentro de campo, mas diretoria rubro-negra vai mal fora dele
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade