5 eventos ao vivo

Inglaterra sofre mas bate a Nigéria em amistoso pré-Copa

Com gols de Cahill e Kane, time inglês confirmou favoritismo e venceu por 2 a 1

2 jun 2018
15h15
atualizado às 15h18
  • separator
  • comentários

A Inglaterra levou a melhor no teste pré-Copa do Mundo. Neste sábado, o time inglês encarou a Nigéria em jogo amistoso, em Londres, e venceu por 2 a 1. Apesar da vitória, a equipe nigeriana não vendeu barato a partida, e deu trabalho para a Inglaterra.

Nem o mais otimista torcedor da Inglaterra imaginava ver a seleção abrir o placar tão rápido. Logo no começo do jogo, aos 6 minutos, Trippier cobrou escanteio na área e o zagueiro Cahill subiu mais alto que a marcação e, livre, pode cabecear para o fundo do gol.

O segundo gol da Inglaterra saiu da atenção do time à saída de bola da Nigéria. Aos 39, Onazi bobeou na frente de Harry Kane e o artilheiro lançou Sterling. Os dois trocaram passes até a entrada da área, quando o atacante chutou forte, rasteiro, e o goleiro Uzoho aceitou, deixando a bola passar por baixo do seu corpo e balançar as redes.

A Nigéria ainda arriscou algumas chances no fim do primeiro tempo, contando com os chutes de fora da área, que pouco assustavam o goleiro Pickford, mas não conseguiu diminuir o placar.

(Foto: BEN STANSALL / AFP)
(Foto: BEN STANSALL / AFP)
Foto: Lance!

A insistência dos nigerianos foi recompensada no retorno da segunda etapa. Aos 2 minutos, Iwobi fez boa jogada e lançou Ighalo na área. O atacante chutou, a bola bateu na trave e Iwobi pegou o rebote, chutando no contrapé do goleiro para balançar as redes e voltar de vez para o jogo.

O gol deu um novo ímpeto para a seleção da Nigéria, que passou a tomar conta da partida. O time africano insistia nas jogadas ofensivas, mas pecava na pouca técnica para finalizar. O treinador Southgate foi obrigado a fazer mudanças na Inglaterra para retomar o comando do jogo, e lançou Ruben Loftus-Cheek e Danny Rose na partida.

A mudança deu certo, e a Inglaterra voltou a ter posse da bola. No entanto, o time inglês encontrava dificuldades para furar o bloqueio defensivo da Nigéria, e apostava em longos cruzamentos ou jogadas de bola parada. Rashford teve a melhor chance de fazer o terceiro, já aos 35 minutos, mas a cabeceada do jogador do Manchester United não saiu do jeito que ele queria e a bola saiu por cima da trave.

Apesar do esforço, o placar seguiu o mesmo até o apito final: 2 a 1 para Inglaterra, numa vitória que serviu para o treinador Southgate fazer os últimos ajustes antes da Copa do Mundo, e para a Nigéria perceber que ir além da fase de grupos não é uma possibilidade tão remota assim.

As duas seleções voltam a jogar na próxima semana: a Nigéria encara a República Tcheca na quarta-feira, dia 6, enquanto a Inglaterra enfrenta a Costa Rica na quinta, dia 7.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade