PUBLICIDADE

Ídolos de finalistas, Evair e Pepe conduzirão taça da Copa Libertadores no Maracanã

Campeões por Palmeiras e Santos levarão troféu para o gramado antes da partida, que acontece no próximo sábado, às 17h

27 jan 2021 09h02
| atualizado às 11h05
ver comentários
Publicidade

Nos instantes que precederão o início da final da Libertadores, no próximo sábado (30), a taça da competição entrará no gramado do Maracanã conduzida por um ídolo de cada time. Pepe, campeão pelo Santos, e Evair, ídolo e campeão vestindo a camisa do Verdão, serão os responsáveis.

Evair foi campeão em 99, pelo Palmeiras, e Pepe foi bi em 62 e 63, pelo Santos (Divulgação Palmeiras e Santos)
Evair foi campeão em 99, pelo Palmeiras, e Pepe foi bi em 62 e 63, pelo Santos (Divulgação Palmeiras e Santos)
Foto: Lance!

Evair, o matador, foi campeão da Libertadores em 1999. Em casa, o centroavante anotou um gol na decisão da competição, vencida pelo Verdão por 2 a 1 contra o Deportivo Cali, no antigo Palestra. Ele levará bons presságios para o elenco que agora busca o bi da América.

Já Pepe, o Canhão da Vila, conquistou a competição duas vezes com a camisa do Santos, em 1962 e 1963. Na primeira, a equipe alvinegra passou pelo uruguaio Peñarol e na segunda pelo argentino Boca Juniors. José Macia é o segundo maior artilheiro da história santista.

Em virtude da pandemia e das restrições impostas pela Covid-19, a final dessa edição da Libertadores não terá nenhum show de música ou apresentação cultural, como é o protocolo. Apenas a presença dos ídolos acontecerá antes da partida.

Lance!
Publicidade
Publicidade