3 eventos ao vivo

Hierro confirma titularidade de De Gea e Carvajal entre os relacionados

Goleiro foi mantido como titular mesmo após a falha contra Portugal; Lateral-direito não foi garantido na equipe, mas está relacionado para o duelo contra o Irã

19 jun 2018
16h04
  • separator
  • 0
  • comentários

A última entrevista coletiva antes da segunda rodada da Copa do Mundo foi de confirmações para a seleção espanhola. A principal delas fica no gol, onde David De Gea foi confirmado como titular mesmo após a falha diante Portugal. O técnico Fernando Hierro garantiu confiança no goleiro do Manchester United e elogiou o Irã, adversário da próxima quarta-feira, às 15h, em Kazan.

Hierro confirmou parte da equipe que enfrenta o Irã (Foto: Luis Acosta / AFP)
Hierro confirmou parte da equipe que enfrenta o Irã (Foto: Luis Acosta / AFP)
Foto: Lance!

- Eu tenho 23 jogadores e o mesmo remédio não é para todos, De Gea vai jogar. Portugal passou e devemos deixar para trás. Agora é o Irã e a expectativa é boa. É a segunda partida do grupo e a cada cinco dias temos a última partida. A partir daí, vamos preparar a equipe. É a segunda partida de três. Complicada, complexa e todas as partidas são importantes - disse o treinador.

Outra confirmação foi a presença do lateral-direito Daniel Carvajal na lista de relacionados para a partida. O jogador foi ausência contra Portugal devido a uma lesão muscular e viu Nacho ser o titular da posição. Hierro confirmou a presença do jogador do Real Madrid, mas não revelou se começará jogando.

- Carvajal está muito tempo. Está a muito tempo treinando com o grupo. Ele fez exames e tivemos resultados fantásticos. Certamente está disponível para a partida. É a segunda partida do grupo, um jogo perigoso. Não podemos viver do que poderíamos ter feito. Ficamos com boas sensações e vamos preparar para a próxima partida - declarou.

Hierro também elogiou o trabalho feito por Carlos Queiroz na seleção iraniana, que lidera o grupo B com três pontos. O treinador comentou sobre o sistema defensivo da equipe e evitou o clima de rivalidade com o técnico português, que também é seu amigo pessoal.

- Tenho uma relação muito boa com Carlos desde a época do Real Madrid. É uma pessoa muito agradável de conversar e está fazendo um ótimo trabalho à frente do Irã. Montou uma equipe muito aplicada e muito poderosa. Mas a partida será entre os jogadores que entram em campo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade