PUBLICIDADE

Gustavo Casado não vai bem, mas conquista o bronze na patinação

Brasileiro tem erros técnicos e fica em terceiro. Ouro vai para a Argentina

27 jul 2019 17h33
| atualizado às 18h21
ver comentários
Publicidade

O patinador brasileiro Gustavo Casado conquistou a medalha de bronze. Essa é a segunda medalha do Brasil na modalidade no Pan-Americano de Lima. Mais cedo, Bruna Wurts foi ouro no feminino. Um resultado inédito para o país.

Gustavo Casado conquistou o bronze em Lima. (Wander Roberto/COB)
Gustavo Casado conquistou o bronze em Lima. (Wander Roberto/COB)
Foto: Lance!

Natural de Santos, Casado é bicampeão sul-americano e mundial e na apresentação de hoje teve duas quedas e terminou a competição com somatório de 128,09. A argentina, com Juan Sanches, levou o ouro. O patinador fez 152,63. A prata foi para John Burchfield, dos Estados Unidos com 133,17 pontos. O brasileiro lamentou o desempenho em Lima e revelou que vai se aposentar aos 28 anos.

- Eternamente grato por esta medalha. Não foi bem o jeito que eu queria para esta competição. Sei que sou bem melhor tecnicamente, mas na hora não consegui executar. A experiência do Pan foi maravilhosa e terminar minha carreira com esse bronze foi espetacular.

O atleta explicou os motivos que o levaram a decidir pela aposentadora.

- Já estou com 28 anos e manter carreira como atleta no Brasil é muito difícil. Além disso, quero ficar mais tempo com a família e morar em Santos, onde já dou aulas de patinação no Clube de Regatas Saldanha da Gama.

Gustavo Casado teve os patins quebrados pela manhã e precisou arrumá-los para competir. O brasileiro havia terminado a fase qualificatória em quarto lugar e conseguiu subir uma posição para dar ao país a décima segunda medalha na modalidade. O Brasil agora tem cinco ouros, uma prata e seis bronzes.

Lance!
Publicidade
Publicidade