PUBLICIDADE

GUIA DO BRASILEIRÃO: Grêmio dá bons indícios e chega 'turbinado' com Douglas Costa para a disputa

Após a conquista estadual e a classificação dominante na Sul-Americana, Tiago Nunes ganhou tempo e respaldo para seguir implementando seu estilo

28 mai 2021 12h16
| atualizado às 12h34
ver comentários
Publicidade

Se nos primeiros jogos do ano o sentimento foi de melancolia com a queda na fase anterior aos grupos da Libertadores que culminou no fim do longo ciclo de Renato Portaluppi, o momento em que o Grêmio chega para a disputa do Brasileirão é bem mais otimista.

Jogador volta ao clube depois de 12 anos (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Jogador volta ao clube depois de 12 anos (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Foto: Lance!

Após a chegada de Tiago Nunes, a equipe conseguir reagir em resultados e desempenho, faturou o estadual novamente derrotando o arquirrival Inter na decisão, passou com sobras da primeira fase da Sul-Americana e, para completar, trouxe o 'pesado' reforço de Douglas Costa. Assim, a equipe chega confiante de que pode encerrar o tempo sem vencer a competição que dura desde 1995.

Time-base: Brenno; Rafinha, Pedro Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Maicon, Lucas Silva e Matheus Henrique; Ferreirinha, Luiz Fernando e Diego Souza.

Técnico: Tiago Nunes.

Vaivém do Imortal

Quem chega: Douglas Costa (Juventus)

Quem sai: Pepê (Porto)

Quem pode chegar: Ninguém

Quem pode sair: Elias (sondado por clubes da Série A)

Necessidade de reforços: Goleiro e zagueiros

Retornos de empréstimo: Ninguém

Os primeiros jogos:

- Ceará x Grêmio - 30/05 - 16h - Arena Castelão

- Grêmio x Flamengo - A definir - Arena

- Grêmio x Athletico-PR - 13/06 - 16h - Arena

- Sport x Grêmio - 17/06 - 21h - Ilha do Retiro

- Cuiabá x Grêmio - 20/06 - 20h30 - Arena Pantanal

- Grêmio x Santos - 23/06 - 20h30 - Arena

- Grêmio x Fortaleza - 26/06 - 16h30 - Arena

- Juventude x Grêmio - 30/06 - 21h30 - Alfredo Jaconi

- Grêmio x Atlético-GO - 04/07 - 20h30 - Arena

- Palmeiras x Grêmio - 07/07 - 19h - Allianz Parque

Opinião do setorista - Futebol Latino

A chegada do técnico Tiago Nunes não poderia ter sido melhor suportada do que, nos dois primeiros objetivos traçados após a queda precoce na Liberta, a equipe se sair muito melhor do que o esperado para um trabalho que está em fase inicial.

Além dos resultados positivos na primeira fase da Sul-Americana que deram a classificação como a melhor campanha geral, no desafio mais "pesado" tanto no aspecto histórico como técnico, a equipe se portou com bastante maturidade. Depois de sair atrás no primeiro jogo da decisão do Gauchão, soube controlar a final com inteligência ao ponto de virar o primeiro jogo e consolidar o título com autoridade no segundo.

Diante de um elenco de poucas alterações e bem entrosado nos últimos anos, Tiago ainda contou com o reforço importante de Douglas Costa. Mesmo diante do histórico de lesões, quando puder contar com esse nome em condições de atuar, a equipe aumenta consideravelmente seu poderio ofensivo e tem potencial para brigar pelo título.

Lance!
Publicidade
Publicidade