1 evento ao vivo

Grêmio e Athletico-PR iniciam a disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil

Tricolor e Furacão se enfrentam a partir das 21h30 (Horário de Brasília), na cidade de Porto Alegre

13 ago 2019
18h32
  • separator
  • 0
  • comentários

A segunda semifinal da Copa do Brasil, entre Grêmio e Athletico-PR, terá início nesta quarta-feira à noite, a partir das 21h30 (Horário de Brasília), na Arena do Tricolor, em Porto Alegre.Devido a disputa da Libertadores da América, as duas equipes entraram no torneio nacional a partir das oitavas de final. O Grêmio precisou tirar o Juventude e o Bahia nas fases anteriores. Enquanto isso, o Furacão deixou pelo caminho Fortaleza e Flamengo.

Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lance!

Grêmio preocupado com a instabilidade

Considerado por muitos um dos times mais fortes do país nas últimas temporadas, o Tricolor tem um 2019 bem diferente de anos anteriores. Apesar do título estadual, a equipe de Renato Gaúcho não embalou nas outras competições e, apesar da tradição, não entra como franco favorito no duelo.

No último treino antes da partida decisiva o clima foi de puro mistério. A imprensa não teve acesso a atividade e a dúvida no ataque permanece entre André e Diego Tardelli.

Furacão embalado

Visto como o time sensação do futebol brasileiro por conta do estilo de jogo, o Athletico-PR mantém um espírito de confiança muito grande no elenco e comissão técnica. Ciente da pressão que vai receber fora de casa, o grupo paranaense promete cabeça fria para sair com pelo menos um empate.

Na escalação o técnico Tiago Nunes confirmou que Pedro Henrique, titular da zaga, está fora do jogo, pois defendeu o Corinthians no torneio. Com isso, Lucas Halter ganha nova oportunidade. No ataque, Bruno Nazário pode ficar com a posição de Nikão.

Prováveis Escalações

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André (Tardelli). Técnico: Renato Gaúcho.

Athletico-PR: Santos; Jonathan, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães, Bruno Nazário (Nikão), Marcelo Cirino e Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade