4 eventos ao vivo

Goleira da Holanda lamenta gols sofridos mas destaca feito histórico

Sari van Veenendaal foi o destaque da seleção europeia com grandes defesas na derrota para os Estados Unidos por 2 a 0, que valeu o vice-campeonato mundial inédito para o país

7 jul 2019
14h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em sua primeira final de Copa do Mundo, apenas na segunda participação no torneio, a Holanda não conseguiu superar os Estados Unidos e acabou derrotada por 2 a 0, neste domingo, em Lyon. O resultado, no entanto, não abalou o orgulho das jogadoras pelo feito histórico para o país. Melhor em campo pela equipe laranja, a goleira Sari van Veenendaal fez grandes defesas e evitou uma vantagem maior das americanas no placar. Após a partida, ela lamentou os gols sofridos e se disse orgulhosa do grupo pela conquista do vice.

Sari van Veenendaal foi o destaque da Holanda na final com grandes defesas (Foto: Fifa)
Sari van Veenendaal foi o destaque da Holanda na final com grandes defesas (Foto: Fifa)
Foto: Lance!

- Nós jogamos muito bem e mostramos o nosso valor. Acredito que poderíamos ter nos defendido mais , mas depois de 90 minutos este foi o resultado. Estou muito orgulhosa da equipe. Jogamos muito bem no primeiro tempo , de igual para igual e conseguimos fazer o que havíamos preparado para este jogo.

Sobre o jogo, ela revelou que a proposta holandesa era se defender e esperar um erro adversário apra contra-atacar. A estratégia funcionou até um pênalti ser marcado a favor dos Estados Unidos com o auxílio do VAR, no início do segundo tempo.

- O plano era defender melhor, não tomar gols e contra-atacar. Conseguimos fazer isso, mas o gol não saiu. Saímos decepcionadas com o resultado, mas orgulhosas da equipe. Acreditávamos na vitória. Tivemos que resistir nos primeiros 20 minutos porque o time delas sempre fez gols no começo. Estavamos muito concentradas nisso e conseguimos não levar gols e jogar bem - completou Van Veenendaal.

Os Estados Unidos conquistaram o tetracampeonato mundial e o segundo título consecutivo na França. A camisa 1 da Holanda levou a luva de ouro, eleita melhor goleira do torneio.

Veja também:

Você sabe o que aconteceu com os ganhadores do Prêmio Puskás?
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade