PUBLICIDADE

Gerente do futebol de base: Corinthians faz proposta por Carlos Brazil, que recusa e segue no Vasco

Profissional está no Cruz-Maltino desde 2018 e renovou contrato para continuar no Cruz-Maltino apesar da mudança na diretoria após a eleição do ano passado

22 abr 2021
19h52 atualizado às 20h04
0comentários
19h52 atualizado às 20h04
Publicidade

O gerente de futebol da base do Vasco, Carlos Brazil, recebeu recentemente uma oferta do Corinthians. Mas ele vai continuar no Cruz-Maltino, onde está desde 2018. O interesse paulista foi noticiado primeiramente pelo jornalista Jorge Nicola, e a permanência do dirigente foi divulgada originalmente pelo Uol.

Carlos Brazil está no Vasco desde 2018 (Foto: Paulo Fernandes/vasco.com.br)
Carlos Brazil está no Vasco desde 2018 (Foto: Paulo Fernandes/vasco.com.br)
Foto: Lance!

O LANCE! apurou que a oferta corintiana, em valores, era consideravelmente superior à do clube de São Januário. Ainda mais na atual contenção de despesas vascaína, seria muito improvável que a proposta fosse coberta. Mas foi da vontade de Brazil permanecer na Colina.

- Me sinto lisonjeado com o carinho que sempre recebo do torcedor Vascaíno e também com o respeito ao nosso trabalho. Reforço que minhas energias hoje estão voltadas ao processo de formação do Vasco onde construímos, com muito cuidado e profissionalismo, um projeto que não se concluiu. Temos muito à realizar ainda, juntos. Sou muito grato ao Vasco por todo apoio que sempre tive aqui e ao Presidente Salgado por acreditar nesse projeto e no nosso trabalho - escreveu Brazil em sua conta no Twitter.

O dirigente renovou o contrato com o Vasco em janeiro, em meio à mudança na diretoria. Contratado em 2018, com Alexandre Campello presidente, ele é figura praticamente unânime no Cruz-Maltino, e continuou após a eleição e posse de Jorge Salgado.

Por parte do Corinthians, o clube ainda não tem um diretor de base oficializado, que no caso será Osvaldo Neto. Ele já trabalha em nome da gestão atual, mas ainda não foi empossado. Brazil seria contratado para o lugar que hoje é ocupado por Yamada, gerente das categorias de base. O profissional, ex-jogador corintiano, por ora, não teve sua saída oficializada, mas não deve ficar.

Lance!
Publicidade
Publicidade