0

São Paulo empata com o ABC e avança na Copa do Brasil

Entre dúvidas e certezas, Tricolor conta com meia Cueva para arrancar empate em Natal e se garantir na próxima fase

15 mar 2017
21h29
atualizado às 21h34
  • separator
  • comentários

Existem hoje duas verdades absolutas no futebol mundial. Uma é que Sérgio Ramos, zagueiro do Real Madrid (ESP), sempre fará um gol salvador no fim. Outra é que o São Paulo sofrerá gol. Pelo menos um. A sorte do torcedor são-paulino é que nesta quarta-feira, no duelo contra o ABC-RN, pela Copa do Brasil, a verdade não foi suficiente para impedir o time de avançar à quarta fase da competição nacional. A zaga veio com uma pitada de emoção, claro, após empate em 1 a 1, no Frasqueirão, em Natal.

Cueva marcou o gol de empate do Tricolor e confirmou a classificação à próxima fase (Foto: Frame/Premiere)
Cueva marcou o gol de empate do Tricolor e confirmou a classificação à próxima fase (Foto: Frame/Premiere)
Foto: LANCE!

Outra verdade sobre o time do São Paulo, e decisiva contra o ABC, é que Cueva joga muito. Sem ele, como no clássico contra o Palmeiras, o time de Rogério Ceni fica órfão. Não tem Wellington Nem e Gilberto que resolvam, ainda mais sem Pratto. Com ele, a criação voltou a funcionar e foi dos pés dele, ou do bico, que veio a calmaria e, posteriormente, a vaga. O camisa 10 marcou de bico aos 37 minutos do primeiro tempo, aliviando a tensão de tomar um gol logo aos dois minutos.

E como foi o gol relâmpago do ABC? De cabeça, é claro, após cochilada da defesa. Dois escanteios seguidos e, aos dois minutos, Márcio Passos mandou para as redes. Detalhe: foi o volante quem fez o gol no jogo de ida. Tensão desnecessária para o Tricolor? Sem dúvidas. Mas que fique claro: desta vez, Denis não teve culpa, e fez grande defesa em lance na sequência.

Dito isso, outra certeza sobre o time de Ceni é que sabe jogar bola. O segundo tempo foi bem mais tranquilo, sem sustos atrás e com a possibilidade de ampliar o marcador. No entanto, Gilberto e Lucas Fernandes vacilaram na cara do goleiro. Não há dúvidas de que essas chances precisam ser aproveitadas, pois nem todo time é o ABC.

Dúvida mesmo ficou sobre Rodrigo Caio. Com uma entorse no joelho esquerdo, o zagueiro teve de ser substituído ainda no primeiro tempo. Ele já passou por cirurgia nesse joelho. Problema? Não sabe. Mas certo é que a bruxa está solta na defesa do São Paulo. Maicon ainda está machucado; Breno é sempre incógnita na parte física; Douglas ainda não convenceu; Lyanco só voltou nesta quarta, mas deixou boa impressão; Lugano não pode jogar todas; e Lucão, odiado pela torcida, nem sequer jogou.

Entre dúvidas e certezas, o São Paulo de Rogério Ceni segue na Copa do Brasil. O início de trabalho é bom? Certamente. O time ainda precisa evoluir muito? Não há dúvidas. Quando estará pronto? Não se sabe...

Sabe-se que o Tricolor volta a campo no próximo sábado, para encarar o Ituano, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Na Copa do Brasil, rival e datas ainda dependem de sorteio. Fica a dúvida.

FICHA TÉCNICA
ABC-RN 1 X 1 SÃO PAULO
Local: Frasqueirão, Natal (RN)
Data-Hora: 15/3/2017 - 19h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)
Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Público/renda: 15.016 presentes/R$ 375.176,00
Cartões amarelos: Dalberto, Cleiton, Echeverría, Márcio Passos e Felipe Guedes (ABC), Lucas Fernandes, Júnior tavares, Cueva e João Schmidt (SAO)
Cartões vermelhos: -
Gols: Márcio Passos (1'/1ºT) (1-0), Cueva (37'/1ºT) (1-1),

ABC-RN: Edson; Levy, Oswaldo, Cleiton e Romano (Marquinhos caldas, aos 38'/2ºT); Márcio Passos, Felipe Guedes, Echeverría (Dalberto, aos 17'/2º) e Gegê (Caio Mancha, ao 21'/2ºT); Erivélton e Nando. Técnico: Geninho.

SÃO PAULO: Denis; Buffarini, Lugano, Rodrigo Caio (Lyanco, aos 11'/1ºT) e Júnior Tavares; João Schmidt, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem (Luiz Araújo, aos 32'/2ºT), Cueva (Lucas Fernandes, aos 22'/2ºT) e Gilberto. Técnico: Rogério Ceni.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade