0

Fred, Rodriguinho e Rafinha marcam e o Cruzeiro anota mais três pontos

O trio deixou a sua marca contra o Tupynambás, ajudando a Raposa a chegar aos 14 pontos, junto com o América-MG, que é lider pelo saldo de gols

10 fev 2019
18h58
atualizado às 19h30
  • separator
  • 0
  • comentários

A vitória por 3 a 0 do Cruzeiro sobre o Tupynambás, gols de Fred, Rodriguinho e Rafinha, pela sexta rodada do Campeonato Mineiro, neste domingo, 10 de fevereiro, no Mineirão, não é surpresa alguma diante das diferenças técnicas entre as duas equipes. Porém, houve boas atrações para o torcedor no duelo contra a equipe de Juiz de Fora.

Mais uma vez o poderio ofensivo, apesar da fragilidade do adversário, e variedade de jogadas foram apresentadas ao torcedor que pode ter esperanças de ver um Cruzeiro capaz de encarar grandes desafios e ainda mudar a história de um jogo usando as armas que possui no seu elenco.

O exemplo claro das boas peças que Mano Menezes possui foi a ausência de Thiago Neves, que teve um estiramento na panturrilha direita e deve ficar fora da equipe por um bom tempo, além de Robinho, que fez trabalhos físicos de reforço muscular. O treinador celeste escalou Rodriguinho e Marquinhos Gabriel como articuladores do meio de campo e o resultado foi positivo.

Marquinhos Gabriel deu nova opção para Mano pelos lados do campo e Rodriguinho conseguiu fazer um jogo mais consistente, mostrando inclusive sua bo presença de área, marcando seu primeiro gol com a camisa estrelada. Com Robinho e Thiago Neves, o Cruzeiro é mais cadenciado no trabalho do meio de campo. Já com a dupla Marquinhos-Rodriguinho, a dinâmica de jogo é mais veloz e vertical, indo mais rapidamente para o gol.
Outra alternância que poderá ser benéfica para a Raposa é a troca Fred por Raniel. Se o veterano ainda tem faro de gol, marcou o seu quarto no campeonato, o jovem dá mobilidade no ataque azul.

Em suma, o Cruzeiro caminha para ter pelo menos 17 jogadores em condições de jogar e manter o mesmo padrão técnico da equipe e ainda ter poder mudar a história de um jogo, caso seja necessário.

Disputa pela liderança

Os três pontos conseguidos pelo Cruzeiro igualou o time em número de pontos ao América-MG, líder, com 14 pontos, mas ainda perde para o Coelho no saldo de gols.

Pelos lados do Tupynambás, a derrota não deixou muitas sequelas para o clube do interior, pois demonstrou que é forte candidato a uma das vagas nas oitavas de final do Mineiro de 2019.

A Raposa encara na próxima rodada o clássico contra o América-MG, no próximo domingo, 17 de fevereiro, às 17h, no Independência, em duelo que vai decidir a liderança do Mineiro 2019. Já o Tupynambás joga na segunda-feira, 18 de fevereiro diante da URT, às 19h, em Patos de Minas.

FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 3 x 0 TUPYNAMBÁS
Data e Estádio:domingo 10 de fevereiro, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), às 17h
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa (MG)
Auxiliares: Leonardo Henrique Pereira e Wellington Pereira Neto(MG)
Gols: Fred, aos 14'-1ºT(1-0), Rodriguinho, aos 44'-1ºT(2-0), Rafinha, aos 14'-2ºT(3-0)
Cartões Amarelos: Léo Salino, Lucas Hipólito, Gregory(TUP), Egídio(CRU)
Cartões Vermelhos: não teve
Renda e Público: Público Presente: 14.176/Público Pagante: 11.021/Renda: R$ 166.735,00

CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Marquinhos Gabriel, Rafinha (Renato Kayser, aos 35'-2ºT) e Rodriguinho (Jadson, aos 27'-2ºT); Fred (Raniel, aos 18'-2º T). Técnico: Mano Menezes

TUPYNAMBÁS
Renan Rinaldi; Gustavo, Adriano, Felipe Gregory e Lucas Hipólito; Marcel, Léo Salino e Leandro Salino; Geovani(Matheus Pimenta, aos 14'-2ºT); Igor Soares (Téssio, aos 22'-2ºT) e Ademilson (Eraldo, aos 29'-2ºT). Técnico: Felipe Surian.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade