0

Fotógrafo processa LeBron James e cobra R$ 750 mil

Steve Mitchell entrou com uma ação federal no dia 17 de março contra o astro do Lakers

25 mar 2020
14h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o astro LeBron James vai responder a uma ação federal do fotógrafo Steve Mitchell. De acordo com o jornalista Jason Owens, do Yahoo Sports, o ala do Los Angeles Lakers foi processado por uso irregular de uma foto, no qual ele publicou no dia 14 de dezembro de 2019, sem autorização do profissional.

LeBron James publicou a foto após a vitória do Lakers sobre o Miami Heat, na Florida, por 113 a 110, e enalteceu o resultado da equipe. Caso o fotógrafo ganhe a ação judicial, o astro pode chegar a pagar US$ 150 mil dólares (cerca de R$ 753 mil na cotação atual).

Segundo Steve Mitchell, geralmente as fotos divulgadas pelos jogadores não têm créditos, mas as assessorias dos atletas pedem autorização para publicar imagens antes de postarem nas redes sociais. No entanto, LeBron James não fez isso desta vez. As imagens ainda continuam nas mídias do atleta. Confira a foto abaixo:

Astro do Lakers publicou foto sem autorização (Foto: AFP)
Astro do Lakers publicou foto sem autorização (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Na temporada 2019/20, LeBron James é cotado para MVP. Até a paralisação em virtude da pandemia do novo coronavírus, o Lakers lidera a Conferência Oeste com 49 vitórias e 14 derrotas, tendo a segunda melhor campanha no geral. Recentemente, o ala declarou que quer ficar na franquia pelo resto da vida.

- Nesse momento, não quero ir para nenhum outro lugar. Quero ser atleta do Lakers pelo resto da minha vida - disse LeBron em uma live com os fãs. O astro ainda afirmou que sente falta de jogar basquete.

- Sinto saudades do que sempre fiz e estar diante dos torcedores do Lakers todas as noites. Além disso, nós estávamos em um instante da temporada onde começávamos a pegar o ritmo que desejávamos para entrar nos playoffs. Sinto falta de tudo, na verdade - afirmou.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade