0

Fortaleza tenta abrir vantagem diante do Athletico na Arena Castelão

Com mudanças em relação ao time que joga o Brasileirão, o Leão recebe o time paranaense, que viajou com força máxima

15 mai 2019
17h11
  • separator
  • comentários

Em jogo isolado pela noite de quinta-feira na Copa do Brasil, Fortaleza e Athletico-PR medem forças na Arena Castelão, a partir das 19h15 (Horário de Brasília).Fortaleza instável

LC Moreira/Lancepress!
LC Moreira/Lancepress!
Foto: Lance!

Campeão estadual e finalista da Copa do Nordeste, o Fortaleza não repete o desempenho no início do Brasileirão. Até o momento, o Leão de Rogério Ceni conquistou apenas um triunfo e perdeu os outros três duelos.

Pressionado por bons resultados, o Fortaleza aposta suas fichas na Copa do Brasil para diminuir a desconfiança da torcida. Porém, o comandante terá problemas para escalar o time, já que terão pelo menos quatro mudanças em relação a equipe que disputa o Campeonato Brasileiro.

Sem Wellington Paulista e Kieza, que já disputaram o torneio por outros clubes, a aposta será em Junior Santos e André Luiz, recém-chegado do Corinthians. No gol, Marcelo Boeck retoma a posição.

Furacão com força máxima

Devido a grande maratona de jogos nos próximos dias, o Athletico optou por deixar de lado o Brasileirão e vai com o que tem de melhor na Copa do Brasil. A principal novidade é a volta de Lucho Gonzáles, que disputa vaga no meio-campo com Léo Cittadini.

No ataque, Marco Ruben está mais do que confirmado e terá o auxílio da dupla Nikão e Rony. Já Tiago Heleno e Camacho estão fora do confronto.

Duelo no Brasileirão

Curiosamente, a única vitória do Fortaleza no Campeonato Brasileiro aconteceu diante do Athletico. No mesmo Castelão, a equipe de Rogério Ceni venceu por 2 a 1, com gols de Edinho e Wellington Paulista. Léo Pereira marcou a favor do Furacão.

Prováveis Escalações

Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Nathan, Juan Quintero, Bruno Melo; Felipe, Araruna; Romarinho, André Luís, Marcinho, Jr. Santos. Técnico: Rogério Ceni.

Athletico-PR: Santos; Erick, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Lucho González); Nikão, Rony e Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade