0

Fluminense quita 13º de 2018 e paga parcela de agosto junto ao Profut

Clube consegue desbloquear a primeira parcela da venda de Pedro, que estava penhorada

31 out 2019
20h11
atualizado às 21h08
  • separator
  • 0
  • comentários

A diretoria tricolor está seguindo à risca a principal promessa desde que assumiu o Fluminense e, nesta quinta-feira, acertou o pagamento do 13º salário de 2018, para funcionários e jogadores. Além disso, o clube quitou uma parcela de agosto do Profut, programa de refinanciamento de dívidas do governo. A informação foi divulgada inicialmente pelo site Saudações Tricolores.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Celso Barros e Mário Bittencourt estão cumprindo a principal promessa de campanha (Mailson Santana/Fluminense)
Celso Barros e Mário Bittencourt estão cumprindo a principal promessa de campanha (Mailson Santana/Fluminense)
Foto: Lance!

O dinheiro utilizado para acertar essas pendências veio do desbloqueio da primeira parcela da venda do atacante Pedro, para a Fiorentina. O valor estava penhorado pela Justiça por causa de um processo movido pela Procuradoria de Fazenda Nacional, desde 2013, por conta da venda de Wellington Nem, para o Shakthar Donetsk. Na época, o Tricolor era presidido por Peter Siemsen.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade