0

Flu joga mal e amarga duro revés para o Voltaço na reestreia de Fred

Além da atuação discreta do camisa 9, Tricolor das Laranjeira padece com a expulsão de Egídio e vê Saulo Mineiro comandar a goleada por 3 a 0 do Volta Redonda neste domingo

28 jun 2020
21h06
atualizado às 21h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Deu tudo errado no reinício de Campeonato Carioca para o Fluminense. Na noite que marcaria a reestreia do ídolo Fred, a equipe de Odair Hellmann viu Egídio perder a cabeça, apresentou uma sucessão de falhas e teve sua falta de efetividade castigada pela eficiência do Volta Redonda. Com gols de Pedrinho (em falha de Muriel) e dois de um inspiradíssimo Saulo Mineiro, o Voltaço garantiu a vitória por 3 a 0 na noite deste domingo, no Nilton Santos, em jogo válido pela quarta rodada da Taça Rio.

O revés não tira o Tricolor das Laranjeiras da ponta do Grupo B (segue com nove pontos), mas a equipe perde a liderança geral do Campeonato Carioca para o Flamengo. Agora, o Rubro-Negro tem 25 pontos contra 24 dos tricolores.

A equipe da Cidade do Aço, por sua vez, vai a sete pontos e chega à última rodada dependendo apenas de si para se classificar às semifinais. Os tricolores duelarão com o Macaé na última rodada da Taça Rio, enquanto o Voltaço medirá forças com o Resende.

VOLTAÇO VAI NO EMBALO

Bastaram cinco minutos para o Fluminense mostrar seus desencontros defensivos. Após vacilo tricolor em uma cobrança de falta, Walisson puxou contra-ataque e encontrou Pedrinho livre pela esquerda. Embalado, o atacante avançou como quis e finalizou em cima de Muriel, que falhou clamorosamente e permitiu o gol do Volta Redonda.

SONHO CORTADO

Em desvantagem, a equipe de Odair Hellmann se lançou à frente, depositando as fichas na velocidade dos seus jovens. Marcos Paulo arriscou e, na sobra da defesa de Douglas, Evanilson finalizou sobre a zaga. Só que o ímpeto do Tricolor das Laranjeiras sofreu um novo baque aos 15 minutos: Egídio acertou uma tesoura no peito de Wallison e recebeu o cartão vermelho.

Aproveitando a atuação discreta do meio tricolor (em especial do apático Paulo Henrique Ganso), o Voltaço aos poucos voltou a tomar as rédeas da partida e assustou duas vezes. Wallison se desvencilhou da zaga e finalizou nas mãos de Muriel. Em seguida, Marcelo encheu o pé da intermediária e fez o goleiro adversário se desdobrar em lance no qual a bola caprichosamente ainda bateu no travessão.

REESTREIA DISCRETA

A expectativa de ver Fred deslanchando novamente com a camisa do Fluminense foi adiada. Diante da inoperância da equipe no primeiro tempo, o camisa 9 foi pouco acionado e viu as tentativas de sair da área para engatar jogadas com Marcos Paulo e Evanilson não funcionarem diante do bloqueio adversário nos 45 minutos que ficou em campo.

TRICOLOR REAGE...

As entradas de Caio Paulista e Fernando Pacheco tentaram dar ao Fluminense uma postura mais incisiva na volta do intervalo. Ganso abriu caminho para o peruano, que concluiu por cima do travessão. Em seguida, Orinho alçou e, diante do gol aberto, Caio Paulista cabeceou para fora.

... VOLTA REDONDA AMPLIA

Os erros defensivos não cessaram nem mesmo com a entrada de Orinho. Oportunista, Saulo Mineiro encontrou uma brecha na defesa tricolor para cabecear e deixar o Volta Redonda ainda mais na frente: 2 a 0. A equipe de Odair Hellmann aumentou de vez sua intensidade. Porém, à exceção de finalização de Fernando Pacheco, o Tricolor das Laranjeiras tropeçava em erros e via Michel Araújo e o peruano desperdiçarem chances.

SAULO MINEIRO GANHA A NOITE

Bem organizado, o Volta Redonda completou sua grande noite com novo momento inspirado de Saulo Mineiro. Após Marcelo perceber novo clarão defensivo tricolor, o camisa 13 tocou na saída de Muriel. A bola mansamente parou no fundo da rede, decretando o 3 a 0 incontestável.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0x3 VOLTA REDONDA

Data-Hora: 28-06-20 - 19h
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ) - Nota L!: 7,0 - Acertou na expulsão de Egídio e conduziu o jogo corretamente.
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Renda / Público: Portões fechados.
Cartão amarelo: Gilberto, Matheus Ferraz (FLU), Oliveira, Luiz Paulo, William Mineiro, Luan Leite (VRE)
Cartão vermelho: Egídio, 16/º1T (FLU)

Gols: Pedrinho, 5/1ºT (0-1), Saulo Mineiro, 17/2ºT (0-2) e Saulo Mineiro, 45, 2ºT (0-3).

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Egídio; Hudson, Yago Felipe (Fernando Pacheco, intervalo) e Paulo Henrique Ganso (Michel Araújo, 15, 2ºT); Evanílson (Miguel, 39, 2ºT), Marcos Paulo (Orinho, 34, 1ºT) e Fred (Caio Paulista, intervalo). Técnico: Odair Hellmann.

VOLTA REDONDA: Douglas; Oliveira, Heitor, Daniel (Luan Leite, 24/2ºT) e Luiz Paulo; Bruno Barra, Walisson (William Mineiro, 24/2ºT), Marcelo e Bernardo (Saulo Mineiro, 15, 2ºT); Pedrinho (Luan Martins, 39, 2ºT) e João Carlos (Luan Martins, 39, 2ºT). Técnico: Luizinho Vieira.

Veja também:

Duelo entre Fluminense e Palmeiras promete ser o destaque da rodada do meio de semana do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade