0

Flamengo reforça confiança nos Garotos do Ninho e Maurício Souza

Com grupo formado por muito jovens das divisões de base, Flamengo se prepara para a Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca

14 jan 2020
08h02
  • separator
  • 0
  • comentários

O Flamengo estreia na Taça Guanabara no sábado, contra o Macaé, e terá em campo uma equipe alternativa, formada por garotos do Sub-20 e jogadores pouco utilizados na reta final de 2019 sob o comando de Maurício Souza. O desafio tende a ser grande, mas a diretoria tem dado o respaldo e reforçou a confiança no grupo e comissão técnica que estão trabalhando no Ninho do Urubu desde a última semana e representarão o clube na Taça Guanabara.

Atletas prestamm atenção às instruções de Maurício Souza no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Atletas prestamm atenção às instruções de Maurício Souza no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

- Com certeza, se a diretoria está botando esse time em campo (sub-20), é porque confiamos. Nós temos outros jogadores do elenco profissional acrescentados a esses jovens. Confiamos no técnico, nos jogadores e na comissão técnica - afirmou Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Fla.

Macaé (Maracanã), Vasco (Maracanã), Volta Redonda (Maracanã), Fluminense (Maracanã), Resende (Raulino de Oliveira) e Madureira (Maracanã): com cinco de seis jogos da fase de grupos disputados "em casa", por mais que seja na condição de visitante em alguns deles, o time de Maurício Souza - campeão carioca, brasileiro e da Supercopa do Brasil Sub-20 em 2019 - terá o apoio da Nação no Estadual. A confiança pode ter papel importante para o jovem time.

A cobrança por bons resultados, por outro lado, também existirá, uma vez que estarão representando o Flamengo. Por mais que o título estadual esteja nos planos da direção para 2020, Braz fez questão de tirar a pressão dos garotos, além do grupo principal, que tem reapresentação marcada para 27 de janeiro.

- Em relação a ser campeão, nem com o time principal do Flamengo podemos afirmar isso. Isso é futebol: se ganha, se perde e empata em campo. Não podemos desmerecer os garotos nem botar pressão demasiada - finalizou.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade