3 eventos ao vivo

Fla vence no Mineirão, mas Cruzeiro avança às quartas da Libertadores

Após vencer por 2 a 0 no Maracanã, Raposa faz apresentação regular em casa e, na etapa final, sofre pressão do Flamengo, mas assegura a vaga para as quartas de final da Liberta

30 ago 2018
00h08
atualizado às 00h34
  • separator
  • 0
  • comentários

A vaga esteve aberta até o fim, mas o confronto entre Cruzeiro e Flamengo terminou com festa mineira. Apesar do revés por 1 a 0 nesta quarta-feira, e no Mineirão, a Raposa avançou às quartas da Copa Libertadores por ter vencido no Rio por 2 a 0. Méritos do time de Mano Menezes, melhor nos 180 minutos.

Cruzeiro 0 x 1 Flamengo: as imagens da partida
Cruzeiro 0 x 1 Flamengo: as imagens da partida
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Lance!

O Rubro-Negro, por sua vez, pagou pelo jogo ruim no Maracanã, quando foi amplamente dominado pelo adversário. Em Belo Horizonte, por sua vez, a atuação foi melhor. O gol de Léo Duarte, no entanto, não foi suficiente.

RAPOSA ANULA O FLA NA ETAPA INICIAL

A necessidade da vitória por dois ou mais gols de diferença fez com que Maurício Barbieri entrasse com Marlos Moreno no lugar de Henrique Dourado. Desta forma, o Flamengo atuou sem um centroavante fixo, com, principalmente, Vitinho e Paquetá ocupando o espaço. O objetivo era bagunçar a defesa rival.

O problema foi que o Cruzeiro fez um primeiro tempo impecável. Dedé, mesmo sendo forçado a dar combate longe da área várias vezes, foi o exemplo da organização do time de Mano Menezes. Desta forma, Fábio só foi ameaçado em finalização de fora de Everton Ribeiro, que saiu à direita do gol do camisa 1 da Raposa.

No último lance de perigo antes do intervalo, Paquetá, de bicicleta, balançou a rede, mas o impedimento havia sido corretamente marcado.

O QUE É ISSO, BARCOS?

Mesmo com menor posse de bola, o Cruzeiro controlou o jogo e ainda teve as melhores chances. Em vacilo de Diego, De Arrascaeta invadiu a área e rolou para Barcos. O Pirata, livre, chutou para fora. Inacreditável.

O lance abalou ainda mais a confiança de Barcos, que destoou do nível do Cruzeiro. Ele teve a chance de redimir, mas, ao invés de finalizar, rolou para Thiago Neves. Foi ele quem desperdiçou - graças a Diego Alves. Corajoso, se jogou em frente ao meia rival e segurou a bola.

CRUZEIRO SEGURA A VAGA

Após intervalo, o Cruzeiro ficou sem ter a vaga ameaçada até os 20 minutos. Fábio pouco havia trabalhado até Léo Duarte, após escanteio de Diego e desvio de Everton Ribeiro, apareceu quase em cima da linha para abrir o placar: 1 a 0 para o Fla, que passou a precisar de mais um gol para arrancar uma classificação épica.

Barbieri tentou de tudo. Lincoln, Henrique Dourado e Geuvânio entraram e o Flamengo terminou sem volantes em campo. A zaga celeste, porém, se impôs e garantiu a vaga.FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0X1 FLAMENGO

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 29/8/2018, às 21h45
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Maurício Espinosa (URU)
Renda/Público: R$ 2.840.890 - 44.791 pagantes/ 52.425 presentes
Cartão amarelo: Thiago Neves, Raniel e Raniel (CRU); Renê, Léo Duarte e Rodinei (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Léo Duarte (0-1, 24'/2ºT)

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero (Edilson, 12'/2ºT), Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Rafinha, 29'/2ºT), Thiago Neves e De Arrascaeta; Barcos (Raniel, 26'/2ºT) - T: Mano Menezes.

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê (Geuvânio, 43'/2ºT); Cuéllar (Lincoln, 37'/2ºT), Lucas Paquetá, Diego e Everton Ribeiro; Marlos Moreno e Vitinho (Henrique Dourado, 23'/2ºT)- T: Maurício Barbieri.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade