PUBLICIDADE

Finais do Carioca podem ter público; Flu critica liberação

Em resolução nesta terça-feira, Ferj detalha que possibilidade de presença limitada de torcedores nos estádios

11 mai 2021 17h22
| atualizado às 17h30
ver comentários
Publicidade

O retorno do público carioca aos estádios pode acontecer em breve. Em resolução publicada nesta terça-feira, o diretor do Departamento de Competições da Ferj, Marcelo Vianna, informou que as finais do Campeonato Carioca, entre Flamengo e Fluminense e também na Taça Rio, entre Botafogo e Vasco, podem contar com a presença de uma parcela de público nos estádios.

A Ferj destacou que há uma "rigorosa e estrita observância das regras sanitárias preconizadas para o combate à disseminação da Covid-19, estabelecidas pelas autoridades municipais e complementadas pelas diretrizes e normas descritas do Protocolo Jogo Seguro".

Finais do Carioca e Taça Rio podem ter presença de público; Fluminense critica possibilidade de liberação (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes, Paula Reis / Flamengo)
Finais do Carioca e Taça Rio podem ter presença de público; Fluminense critica possibilidade de liberação (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes, Paula Reis / Flamengo)
Foto: LANCE!

A definição sobre o tema acontecerá nesta quarta-feira. Estão previstas Reuniões de Segurança às 14h e às 14h30 sobre Planos de Ação e Contingência para o retorno dos torcedores aos estádios. As medidas em torno da Taça Rio estarão condicionadas às decisões tomadas quanto às finais do Campeonato Carioca.

Em nota, Fluminense diz que se opõe à volta do público

O Fluminense se manifestou sobre a possibilidade da final do Estadual contar com presença de torcedores. A equipe, que disse não ter recebido nenhum comunicado da Ferj sobre o possível debate, ratificou sua oposição ao regresso dos torcedores:

"O Fluminense Football Club desconhece e não recebeu, até o momento, qualquer convocação da Ferj para reunião que vise discutir a presença de público durante as finais do Campeonato Carioca. De antemão, o clube reafirma posição contrária à liberação de público nas finais, mantendo, como já faz desde o início da pandemia, o respeito e apoio as restrições determinadas pelas autoridades sanitárias".

Lance!
Publicidade
Publicidade