0

Ferraz ou Guedes? Lateral direita do Santos pode mudar de 'dono' em 2019

Com a indefinição sobre a saída ou não de Victor Ferraz, a mudança de treinador e o crescimento de Daniel Guedes na última temporada, setor pode ter novo titular neste ano

7 jan 2019
07h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Jorge Sampaoli ainda não esboçou um time titular no Santos neste início de pré-temporada, mas é certo que muitas dúvidas devem estar na cabeça do novo comandante do Peixe, que ainda não recebeu reforços e tem nas mãos um elenco de 34 jogadores. Uma das posições que podem gerar alguma dúvida na montagem da equipe é a lateral direita, que hoje conta com Victor Ferraz, teoricamente o titular, e Daniel Guedes, o reserva imediato, mas essa ordem pode mudar por fatores diversos.

Amigos, Ferraz e Guedes são, pelo quinto ano, os nomes para a lateral direita do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Amigos, Ferraz e Guedes são, pelo quinto ano, os nomes para a lateral direita do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

Entre esses acontecimentos que podem balançar os rumos da lateral direita, um deles é a possível saída de Ferraz para o São Paulo, negociação que se arrasta desde o ano passado e já teve outros capítulos em momentos passados, mas esfriou com a chegada do treinador argentino. Embora venha sendo elemento importante do Peixe, não tem mais a simpatia de outrora por parte do torcedor. No elenco, porém, ele continua prestigiado, inclusive pelo seu concorrente direto.

- Há cinco anos estamos nessa batalha. O Victor é meu amigo, amigo de todo mundo. Hoje está aqui no elenco, jogador do Santos, vamos dizer que o futuro a Deus pertence. Se ele sair, se ele ficar, nós estamos aqui disputando posição, sempre de maneira justa, e ele vai ver o que for melhor para ele, o que é melhor para o Santos. Se acontecer, porque até então está aqui com a gente, é atleta do Santos, e a gente vai disputar posição o ano todo - declarou Daniel Guedes na última sexta-feira.Revelado pelas categorias de base do Santos, Guedes vai para a quinta temporada como reserva imediato de Victor Ferraz. Só em 2018, porém, foi que ele chegou a ameaçar a titularidade do amigo. Um desgaste com a torcida e uma lesão no ombro contribuíram para que a ordem se invertesse. Daniel, em boa fase, ganhou a posição sob o comando de Jair Ventura, e aproveitou o momento enquanto pôde, até o concorrente recuperar o espaço e não ceder mais.

Foram 28 jogos de Daniel Guedes no ano passado, 24 deles como titular, sua melhor marca desde que estreou na equipe principal. Enquanto isso, Ferraz fez seu menor número de partidas desde que se tornou titular absoluto, em 2015. Entrou em campo 41 vezes, todas elas entre os 11 que iniciaram os duelos. Um sinal de crescimento do jovem lateral, que fez bons jogos no Paulistão e na Copa Libertadores.

Além dessa evolução dentro de campo e a possível saída do titular, há um fator que pode fazer a diferença. Isso porque o técnico Jorge Sampaoli é conhecido por adotar um estilo de jogo mais ofensivo, em que os laterais, na verdade, são alas em uma linha de cinco ou de quatro jogadores no meio-campo, cobertos por três zagueiros. Em comparação com Victor, Daniel tem característica mais de atacante do que de marcação. Na teoria, ganharia pontos com o novo comandante, mas ele não pensa nisso e quer, antes de tudo, contribuir para o time.

- Vantagem acho que não teria, mas eu quero que o meu ano seja de muita dedicação, de muita entrega, fazendo o possível para ajudar o Santos cada segundo dentro de campo, cada disputa de bola. Quero que seja um ano agradável para nós, que a gente não sofra tanto quanto sofremos no ano passado, que seja um ano de disputa de títulos, chegando em competições, chegando nas retas finais. Espero que seja um ano bom. Não só para mim, mas para todos nós, porque o torcedor merece também - afirmou Guedes.

Essas dúvidas devem ser solucionadas nesta semana que antecede o primeiro compromisso do Santos na temporada, que será no próximo domingo, diante do Corinthians, na Arena. Sampaoli tende a esboçar um time titular a partir desta segunda-feira. Já a estreia do Peixe no Paulistão será no dia 19, contra a Ferroviária, na Vila Belmiro.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade